NOTÍCIAS
07/11/2017 | 18h15

Balanço

Fras-le enfrenta redução de lucros com oscilação cambial em 2017

Empresa aumenta receita doméstica mas câmbio reduz a externa


REDAÇÃO AB

A elevação das vendas domésticas não foi suficiente para compensar a redução do faturamento das operações no exterior devida à oscilação cambial desfavorável, o que levou à redução dos lucros da Fras-le em 2017. De janeiro a setembro a receita líquida da fabricante de sistemas de freios somou R$ 611,3 milhões, em leve recuo de 1,1% na comparação com o mesmo período de 2016, levando em conta o crescimento de 8,7% nos ingressos internos, para R$ 299,7 milhões, e queda de 8,9% nos externos, de R$ 311,6 milhões.

Com essa evolução, o lucro líquido apurado em nove meses ficou praticamente estável com margem de 8,8% em R$ 53,7 milhões, apenas 0,6% menor do que os R$ 53,4 milhões registrados em igual intervalo de 2016, em desempenho bastante diferente do resultado operacional, que se retraiu 37,6% no período, para R$ 49,4 milhões. A empresa explica que o no período acumulado de três trimestres o lucro líquido contou com efeito do benefício fiscal de R$ 9 milhões pelo pagamento de juros sobre capital.

Apesar dos resultados financeiros estagnados do ano, os números apurados no terceiro trimestre isoladamente apontam para uma reversão de cenário, com desempenho positivo em todas as métricas. Receitas e lucros cresceram em relação ao mesmo trimestre do ano passado. O faturamento líquido de R$ 218,9 milhões foi 11,4% maior, com crescimento tanto no mercado interno (+12,5%) quanto no externo (+10,4%). O lucro operacional trimestral avançou 46,6%, para R$ 19,6 milhões, mas o resultado líquido caiu 29,6%, R$ 15,9 milhões.

A empresa segue em expansão das suas operações fora do Brasil, que representam mais da metade do faturamento da Fras-le. “Continuamos caminhando a passos largos no mercado internacional por meio das unidades nos Estados Unidos e na Ásia, warehouse (centro de distribuição) na Argentina e Alemanha e as operações comerciais em todos os continentes. Essa estratégia ganha força com a inauguração, em novembro, da nova planta na China, adicionando capacidade e know-how para uma atuação mais forte naquele país, e a nova operação comercial na Colômbia, com wharehouse para apoiar e reforçar a presença da empresa nos mercados da Colômbia, Peru, Equador, Norte da América do Sul, América Central e Caribe”, observa Sérgio de Carvalho, diretor-presidente e de relações com investidores da Fras-le e COO da Randon S.A. – Divisão Autopeças, da qual a Fras-le faz parte.

Os principais mercados no exterior, entre os quais Estados Unidos e Argentina, segundo a Fras-le apresentarem desempenho inferior à média histórica de vendas. Mas as exportações a partir do Brasil, no terceiro trimestre, registraram melhor performance em relação aos trimestres anteriores. Entre os destinos com aumento nos embarques aparecem México, regiões como Oceania e Oriente Médio, além de alguns países na América do Sul. As vendas externas a partir do Brasil somaram US$ 20 milhões no terceiro trimestre, número que evoluiu 3,1% em comparação ao segundo trimestre, enquanto nos nove meses foram acumulados US$ 63,8 milhões, correspondendo a queda de 15,3% na comparação com os mesmos nove meses de 2016.

Segundo a empresa, o fortalecimento da presença externa da Fras-le, somado à sua já forte presença de mercado no Brasil, com direcionamento de quase 90% das vendas para o segmento de reposição, resulta na resiliência de suas receitas e resultados.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 15/11/2017
Mudança na mobilidade domina discussões do Congresso SAE Brasil

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro