Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volvo começa a produzir XC40 na Bélgica

Indústria | 23/11/2017 | 12h14

Volvo começa a produzir XC40 na Bélgica

Menor SUV da marca sueca já tem 13 mil pedidos e deve estar em março no Brasil

REDAÇÃO AB

A Volvo começa a produzir em sua fábrica de Ghent, na Bélgica, o modelo XC40. Segundo a fabricante, o menor de seus SUVs já tem mais de 13 mil pedidos. Os clientes começam a receber o carro no início de 2018. O XC40 estreia a plataforma modular CMA (Compact Modular Architecture ou Arquitetura Modular Compacta) da Volvo, que também estará nos próximos modelos da linha 40. A chegada do modelo ao Brasil está prevista para março.

Desenvolvida com a chinesa Geely, que controla a marca sueca, a nova plataforma vai favorecer os carros Volvo pela economia de escala. A preparação para o início da produção do XC40 transformou a planta de Ghent em um hub de exportação global para carros com a plataforma CMA.

Ao todo foram instalados 363 robôs na unidade e um deles recebeu o apelido "The Beast" (“A Fera") pelos colaboradores. Enorme, ele é o único desse porte empregado na produção mundial da Volvo Cars e levanta as carrocerias até uma esteira transportadora próxima ao teto da fábrica.

Ghent é uma das duas plantas operadas pela Volvo Cars na Europa e iniciou suas atividades em 1965. No local foi produzida a primeira geração do XC60, além do V40, V40 Cross Country, S60 e V60. A outra fábrica europeia fica em Torslanda, na Suécia. A montadora também tem duas linhas de produção na China e está construindo uma unidade na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, com inauguração prevista para o segundo semestre de 2018.



Tags: Volvo, XC40, plataforma modular, CMA, Geely, robôs.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência