Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan cresce 14,3% na América Latina
Em sentido horário, a partir do alto, à esquerda: Kicks, Qashqai, Frontier e X-Trail

Balanço | 27/04/2018 | 15h00

Nissan cresce 14,3% na América Latina

Montadora vendeu 207 mil unidades no ano fiscal 2017; Kicks foi destaque

REDAÇÃO AB

As vendas da Nissan na América Latina cresceram 14,3% no ano fiscal 2017, levando a marca ao seu recorde de volume e de participação, tendo como destaque o utilitário esportivo Kicks.

A montadora de origem japonesa vendeu ao todo 207 mil veículos na América Latina no período de 12 meses encerrado em 31 de março, o maior volume desde que a empresa iniciou suas operações na região, em 2014. A participação de mercado subiu para 4,7%.

No Brasil, as vendas da empresa aumentaram 26% sobre o ano fiscal anterior. O Nissan Kicks, lançado em agosto de 2016, já representa 46% das vendas da marca no País. O modelo foi o utilitário esportivo mais vendido em março e no acumulado é o terceiro colocado, atrás apenas do Jeep Compass e do Honda HR-V, mas à frente do Hyundai Creta, do Jeep Renegade e do Ford EcoSport, por exemplo. No ranking geral de automóveis ele ocupa a 13ª colocação, superando modelos menores e mais em conta como Renault Sandero (14º) e Toyota Etios (17º).

Na Argentina, onde a subsidiária opera há apenas dois anos e meio, as vendas atingiram recorde, com crescimento de 71,1% sobre o ano anterior. Uma fábrica em Córdoba dará continuidade a esse aumento da presença local da marca.

Na Colômbia, a Nissan encerrou o ano fiscal em terceira posição, com participação de 9,3%, e se posicionou como a importadora que mais vende carros no país. É a líder no segmento de picapes com a Frontier.

As vendas no Chile cresceram 16% e a marca alcançou a quarta posição em participação de mercado. Liderou o segmento de SUVs pelo segundo ano consecutivo, com 12% de participação.

No Peru, onde a subsidiária foi aberta em janeiro deste ano, a Nissan encerrou o ano fiscal com participação de 4,8%. "Os números confirmam que a América Latina tem grande potencial de desenvolvimento para a Nissan", afirma o chairman da Nissan na América Latina, José Luis Valls.



Tags: Nissan, Kicks, Frontier, Jeep Compass, Honda HR-V, Hyundai Creta, Jeep Renegade, Ford EcoSport, Toyota Etios, Renault Sandero.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência