Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen negocia férias coletivas para mil funcionários na Anchieta
VW Anchieta pode diminuir ritmo de produção com férias coletivas a partir de agosto

Indústria | 20/07/2018 | 18h05

Volkswagen negocia férias coletivas para mil funcionários na Anchieta

Ritmo menor das vendas no Brasil e queda das exportações para a Argentina podem motivar a medida

REDAÇÃO AB

Texto publicado originalmente 19/07 e modificado 20/07 para atualização e acréscimo de informações

A Volkswagen negocia a concessão de férias coletivas a partir de 21 de agosto para mil funcionários de sua fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), onde são produzidos os modelos Polo e Virtus, além da picape Saveiro. Segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista, citadas em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, os trabalhadores poderão parar por um mês. Outros quatro grupos também deverão sair de férias, mas a VW ainda não definiu quantos e quando eles sairão.

Em nota, a Volkswagen reforça que a medida ainda está sendo negociada e não há decisão tomada. “No caso de flutuações momentâneas de mercado, a empresa poderá, no futuro, utilizar ferramentas de flexibilização da produção, no sentido de se adequar à demanda de mercado”, diz a empresa.

“Ações como esta estão dentro da normalidade e servem para que empresas e trabalhadores possam equilibrar eventuais oscilações de mercado”, confirma também em nota o sindicato.

Na reportagem do Estadão, o sindicato informa que a adoção da medida foi motivada pela desaceleração do mercado interno nos últimos dois meses e pela redução das exportações para a Argentina, que consome 70% das vendas externas de veículos do Brasil. A Volkswagen é a marca que mais exporta no País.

Esse é um dos reflexos do cenário que vem sendo observado nos últimos dois meses a partir da greve dos caminhoneiros e que também foi determinante para a revisão das projeções da Anfavea, associação das fabricantes de veículos no Brasil. No início de julho, a entidade informou que as exportações deverão ser um pouco menores do que o previsto anteriormente (leia aqui), da mesma forma que a produção crescerá menos do que era projetado no começo do ano (leia aqui).

Já nas vendas para o mercado interno, apesar de o desempenho ter sido positivo no primeiro semestre, com crescimento de 14%, as montadoras acreditam que o setor não deve apresentar no segundo semestre o mesmo ritmo de emplacamentos visto na primeira metade do ano e que por isso, mantém sua projeção de alta de 11,9% (leia aqui).



Tags: VW, Volkswagen, férias coletivas, Argentina, exportações, Anfavea.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência