Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Waymo testa carros autônomos com Walmart

Parcerias | 30/07/2018 | 18h15

Waymo testa carros autônomos com Walmart

Modelos autoguiados levarão clientes para as lojas nos Estados Unidos

REDAÇÃO AB

A Waymo, empresa de carros autônomos da Alphabet, controladora do Google, firmou parceria com o Walmart nos Estados Unidos. O projeto piloto vai usar automóveis autoguiados para transportar consumidores até as lojas da rede de supermercados, onde eles farão a retirada de produtos encomendados pelo site e serão levados de volta para casa. Os testes começarão no Arizona. Com a iniciativa, a empresa pertencente à gigante de tecnologia poderá coletar mais dados para aprimorar a sua solução de condução autônoma.

A parceria também é mais um passo no esforço do Walmart para se aproximar da concorrente Amazon, que atrai clientes com a oferta de uma série de soluções tecnológicas em sua plataforma e na entrega de produtos. Desde que começou a desenvolver carros autônomos, em 2009, a Waymo já rodou quase 13 milhões de quilômetros em testes da tecnologia em vias públicas.

Além da parceria com o Walmart, a empresa anunciou recentemente que terá o mesmo serviço de transporte em parceria com um shopping center. A companhia também firmou acordo com a AutoNation, rede de varejo automotivo dos Estados Unidos. A empresa passará a oferecer um automóvel autônomo Waymo quando o carro de seus clientes de Phoenix estiver na oficina.

Outro acordo relevante é com a Avis Budget, na mesma cidade. A locadora dará carona de carro autônomo para os clientes até o ponto em que eles farão a retirada do automóvel que alugaram.



Tags: Waymo, carro autônomo, Walmart, teste.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência