Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 16/08/2018 | 14h41

Fabricantes de implementos vão em missão comercial à Colômbia

Ação faz parte do programa MoveBrazil, de incentivo às exportações do setor

REDAÇÃO AB

As fabricantes brasileiras de implementos rodoviários participaram de uma nova missão comercial na Colômbia, realizada entre os dias 14 e 15 deste mês na capital Medellin. A ação faz parte do MoveBrazil, Programa de Internacionalização da Indústria de Implementos Rodoviários, organizado pela Anfir, associação das fabricantes, e Apex-Brasil, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

É a segunda vez que a indústria se encontra com empresários colombianos: a primeira foi há dois anos, na primeira comitiva promovida pelo programa. Na ocasião, catorze empresas participaram dos encontros que aconteceram em Bogotá, nos dias 21 e 22 de junho de 2016.

Desta vez, o grupo também é formado por 14 fabricantes: Al-Ko Brasil, Bombas Andrade, Egsa, Engetruck, Fibrasil, Grimaldi, Hidromas, Ibiporã, Librelato, Planalto, Randon, Rossetti, Thermo Star e TKA Guindastes.

“As missões têm sido bastante úteis para os empresários brasileiros adquirirem mais experiência no mercado internacional”, avalia o diretor Executivo da Anfir, Mario Rinaldi.

Desde que iniciou, há três anos, o MoveBrazil deu suporte a 50 empresas inscritas para entrar na trilha da exportação, resultando em aproximadamente US$ 45,2 milhões em negócios realizados.



Tags: Implementos rodoviários, Anfir, Apex-Brasil, Colômbia, Medellin, MoveBrazil.

Comentários

  • EdinaldoMachado

    Estasiniciativas são muito importantes para fortalecer a indústria de implementos rodoviários, que sofre muito atualmente com a crise do país.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência