Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Autopeças faturam 20,3% a mais no acumulado do ano
Exportações recuaram na comparação com junho, mas no acumulado do ano ocorre alta de 18,2%

Balanço | 11/09/2018 | 17h56

Autopeças faturam 20,3% a mais no acumulado do ano

Fornecimento a montadoras, exportações e mercado de reposição mantêm o setor aquecido

MÁRIO CURCIO, AB

O faturamento do setor de autopeças registrou alta de 20,3% no acumulado de janeiro a julho. O crescimento nestes sete meses ocorreu em todos os canais de vendas do setor. As entregas para as montadoras aumentaram 19,4% no período. Para o mercado de reposição o crescimento foi de 16,7%.

Os números foram divulgados pelo Sindicado Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).



- Faça aqui o download dos dados do Sindipeças
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Ainda no período de janeiro a julho, as exportações aumentaram 28,9% quando analisadas em reais e 18,2% quando em dólares. Na análise de julho isoladamente, o Sindipeças informa que os efeitos da crise argentina e a retração em alguns mercados europeus e africanos resultaram em queda de 3,8% ante junho nos embarques em reais e de 5,2% em dólares.

CAPACIDADE INSTALADA E EMPREGOS


O mês de julho atingiu outro pico na utilização da capacidade instalada, 71%, repetindo o resultado de março. O melhor mês do ano foi fevereiro, com 73% de utilização. De acordo com o Sindipeças, na comparação com o período de janeiro a julho de 2017 a ociosidade nas empresas do setor recuou 7,2%. Como consequência, o emprego nacional na cadeia de autopeças cresceu 9% na mesma comparação.



Tags: Autopeças, Sindipeças, montadoras, reposição, exportações.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência