Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen mostra T-Cross em testes no Brasil
T-Cross roda camuflado no Brasil: em fase final de testes, segundo a Volkswagen

Lançamentos | 03/10/2018 | 20h21

Volkswagen mostra T-Cross em testes no Brasil

Fabricante adianta mais algumas informações sobre o SUV compacto que só começa a ser vendido no início de 2019

REDAÇÃO AB

Dentro da estratégia já largamente adotada de lançar um carro em pílulas, desta vez a Volkswagen divulgou fotos do T-Cross rodando em testes no Brasil. Segundo a fabricante, está “em fase final de testes” o SUV compacto que começa a ser produzido comercialmente em São José dos Pinhais (PR) no início de 2019. Depois de mostrar rascunhos do design do carro em agosto passado (leia mais aqui), agora foi a vez de revelar algumas informações técnicas, como dimensões, motorização, sistema de infoentretenimento e dispositivos de segurança.

O T-Cross é a carroceria SUV da plataforma modular MQB compacta (alguns chamam de MQB-A) que chegou ao Brasil no ano passado com o hatch Polo e, logo depois, no sedã Virtus, ambos fabricados na planta Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Será o primeiro utilitário esportivo nacional da marca – que promete lançar cinco SUVs por aqui até 2020, o primeiro deles o importado Tiguan Allspace já lançado este ano. A fábrica da Volkswagen no Paraná recebe R$ 2 bilhões em investimentos para produzir o T-Cross. Já foram iniciados os testes de produção, mas o lançamento no mercado brasileiro está previsto até o fim do primeiro trimestre de 2019, quando todas as concessionárias da marca terão o carro para vender.

A Volkswagen afirma que o T-Cross terá o maior entre-eixo da concorrência entre SUVs compactos no País, com 2,65 m – quase a mesma medida do irmão sedã Virtus e 9 cm mais longo que o irmão europeu e o hatch Polo, todos derivados da mesma família MQB-A. Com isso, garante bom espaço interno para até cinco ocupantes. O comprimento total do T-Cross é de quase 4,2 m, com 1,57 m de altura (10 cm mais alto que o europeu). A capacidade do porta-malas é variável entre 373 e 420 litros, dependendo da posição do banco traseiro.

A fabricante também confirmou duas opções de motores bicombustível etanol-gasolina, ambos turbinados e com injeção direta de combustível, fabricados em São Carlos (SP): o 1.0 200 TSI Total Flex de até 128 cv e o 1.4 250 TSI Total Flex de até 150 cv. Ambos deverão ser combinados ao já bastante popular câmbio automático de seis velocidades da japonesa Aisin, ainda importado.



O T-Cross terá versões com faróis halógenos ou full-LED, mas ambas terão iluminação de condução diurna em LED – no primeiro caso integrada no módulo dos faróis de neblina ou acima na carcaça do farol.

Como derivado da plataforma MQB, o T-Cross também compartilha toda a arquitetura eletroeletrônica, por isso vai oferecer as mesmas opções de infoentretenimento, conectividade e interfaces. Por exemplo, assim como Polo e Virtus, terá como opcional nas versões de topo o quadro de instrumentos totalmente digital “Active Info Display”. Também terá à disposição o sistema de multimídia com tela sensível ao toque de 8 polegadas. Quatro entradas USB (duas na frente, duas atrás) garantem conexão e energia para os smartphones. Outro opcional é o sistema de travamento e partida “Kessy”, por aproximação, sem chave.

Além de sensores dianteiro e traseiro para estacionamento, o T-Cross também poderá ser equipado com o sistema “Park Assist 3.0”, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais – e agora com a função de freio de manobra.

Entre os sistemas de segurança ativa, a Volkswagen informa que todas as versões do SUV serão equipadas com ESC (controle eletrônico de estabilidade), frenagem automática pós-colisão e detector de fadiga (alerta a perda de concentração do motorista e recomenda uma pausa para descanso).



Tags: Volkswagen, T-Cross, lançamento, SUV, plataforma MQB.

Comentários

  • JoséRoberto

    carroda Volkswagen é show de bola. O problema é o preço que acaba ficando muito salgado.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência