Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Engenharia | 11/10/2018 | 18h50

Schaeffler já fornece eixos elétricos para montadoras

Equipamentos desenvolvidos para as competições ganharam as linhas de montagem

REDAÇÃO AB

A tecnologia do motor elétrico, transmissão e sistema de controle de torque e rotação desenvolvida pela Schaeffler para as competições já é aplicada na produção em série de eixos elétricos.

A empresa já fornece equipamentos desse tipo para algumas montadoras instaladas em outros países. Na planta em Sorocaba (SP), dois componentes são produzidos e fornecidos para a montagem final de eixos elétricos na China: os anéis e as molas de precisão.

Reunindo motor elétrico, redutor e todo o sistema de controle de torque e rotação, os eixos elétricos desenvolvidos pela Schaeffler foram empregados nos dois carros que deram à Audi o título de campeã na Fórmula E conquistado em julho deste ano.

A empresa também produz outros componentes e sistemas para carros híbridos e totalmente elétricos, como módulos híbridos, transmissão híbrida e rolamentos para motores elétricos.

A produção em série dos eixos elétricos foi iniciada no fim de 2017. Atualmente são fornecidos três diferentes tipos de eixo elétrico para montadoras. Segundo a Schaeffler, o desenho compacto aumenta a liberdade de projeto dos veículos.

“Todo o nosso conhecimento sobre powertrain está sendo transferido para a mobilidade elétrica, inclusive no que se refere a ruído, vibração e conforto”, garante o diretor de pesquisa e desenvolvimento para a América do Sul, Cláudio Castro.





Tags: Schaeffler, Sorocaba, eixos elétricos, Fórmula E, carros híbridos, módulos híbridos, transmissão híbrida, rolamentos, motores elétricos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência