Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan lança Leaf e+ com autonomia 40% maior
O Leaf e+: evolução da autonomia e potência do carro elétrico

Lançamentos | 10/01/2019 | 17h31

Nissan lança Leaf e+ com autonomia 40% maior

Carro elétrico é apresentado primeiro na CES, a feira de tecnologia de Las Vegas

REDAÇÃO AB

Com o anúncio de ter conseguido aumentar em 40% a autonomia de seu carro elétrico, a Nissan escolheu o ambiente tecnológico da CES 2019 (8 a 11 de janeiro em Las Vegas, EUA) para lançar o Leaf e+, que pode ser considerada uma “versão envenenada” do modelo. Não fosse por pequenas alterações na dianteira, o modelo apresentado no salão de eletrônicos tem aparência quase idêntica a do Leaf de segunda geração, lançado em 2017. Sem alterar as dimensões do veículo, o que muda é a maior densidade de energia do banco de baterias e a potência aumentada do motor.

O Nissan Leaf “regular” foi apresentado aos brasileiros no último Salão de São Paulo com autonomia para rodar em média até 322 km, com potência de 149 cavalos. O Leaf e+ pode rodar 458 km e seu motor repotencializado gera 217 cv. E para isso o powertrain e baterias mantiveram tamanho parecido com o do carro padrão, segundo a Nissan.

O Leaf e+ também está em exposição na Galeria da Nissan na sede mundial da marca, em Yokohama, no Japão. A fabricante promete começar a vender a versão mais potente do modelo elétrico no Japão no fim deste mês. Já as vendas nos Estados Unidos devem ser iniciadas no segundo trimestre de 2019. Não há previsão para o Brasil, onde a Nissan começou este ano a vender o Leaf padrão por R$ 178,4 mil.



Tags: Nissan, Leaf e+, lançamento, carro elétrico, tecnologia, CES, Las Vegas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência