Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Honda para de produzir CG 125 após mais de 42 anos
Do modelo de 1976 até a versão mais atual, a moto se consagrou pela simplicidade e eficiência

Indústria | 31/01/2019 | 20h08

Honda para de produzir CG 125 após mais de 42 anos

Com cerca de 7 milhões de unidades, moto cedeu espaço a versões mais potentes

MÁRIO CURCIO, AB

Após mais de 42 anos em produção e cerca de 7 milhões de unidades vendidas no Brasil, a Honda CG 125 saiu de linha. O principal motivo foi a mudança de perfil do motociclista, que passou a percorrer distâncias cada vez maiores no dia a dia e também aumentou em altura e peso médio, precisando cada vez mais potência para se deslocar.

Outros motivos foram a diversificação da linha Honda (com os scooters, por exemplo) e também os anos de recessão e de crédito bastante seletivo. Quem conseguia financiar acabava comprando modelos maiores e mais caros, algo que ocorreu também no segmento de automóveis. Em 2018 a produção da CG 125 somou 26,5 mil unidades, o equivalente a apenas 9,4% da CG 160, mais potente e com maior número de versões.

PRIMEIRA HONDA NACIONAL


A CG 125 tem um significado especial para a Moto Honda da Amazônia. Ela deu início à produção local da montadora, em 1976, e abriu caminho para outros modelos e outras fabricantes. Simplicidade, resistência e facilidade de manutenção garantiram o sucesso da motoca.

O melhor ano da CG 125 foi 2008, quando as versões Fan e Cargo somaram 439,9 mil unidades produzidas. Vale dizer que nesta época a CG 125 já não era a mais vendida e sim a CG 150, que neste mesmo ano de 2008 atingiu 510,9 mil unidades.

Em 2015 a Honda substituiu a linha CG 150 pela CG 160, mas manteve a 125, que em 2016 recebeu injeção eletrônica. Apesar do fim da produção, a moto permanece à venda. A versão Fan tem preço sugerido de R$ 7.161 e a Cargo, R$ 7.165.



Tags: Honda, CG 125, CG 150, 160, Fan, Moto Honda da Amazônia, Cargo.

Comentários

  • JoséRoberto Eugenio

    Bomdia acho muito bonita às moto mais eu só gosto de olhar

  • MarcosMarchini

    Foium Ícone no mercado brasileiro, será sempre lembrada!

  • Marcelo

    Ué,a voz vai virar 160 ou 150?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência