Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Veículos novos rodam em média 12,9 mil km no Brasil
Estudo da KBB Brasil enquadrou SUVs como o Nissan Kicks (foto) entre os utilitários e comerciais leves

Comportamento | 11/04/2019 | 16h03

Veículos novos rodam em média 12,9 mil km no Brasil

Estudo da KBB com autos e comerciais leves mostra distâncias percorridas por Estado

REDAÇÃO AB

Um levantamento revelou que o brasileiro roda em média 12,9 mil quilômetros no primeiro ano de uso de um veículo. O estudo foi feito pela Kelley Blue Book Brasil, com resultados individualizados por Estado e pelas categorias automóvel de passeio e utilitário/comercial leve.

Tocantins é a unidade da federação em que os carros rodam mais, 17,6 mil km ao ano. Isso dá 48,2 km por dia. Os moradores de Mato Grosso e Distrito Federal também se alternam entre o volante e o posto de combustível. Eles empatam em segundo lugar com 14,6 mil km por ano, numa média de 40 km/dia.



Entre os Estados mais industrializados, o Rio de Janeiro é o que apresenta a menor média anual, 11,6 mil km. E Minas Gerais, apesar de ter a maior malha rodoviária do País, se situa na média brasileira de 12,9 mil km por ano. São Paulo, o mais industrializado, fica um pouco acima, com 13 mil km anuais.

A menor média observada está em Pernambuco, com 11,1 mil km/ano. A KBB Brasil analisou mais de 1 milhão de anúncios que passam por sua base de dados para fazer o levantamento. Ainda de acordo com a empresa, a cada ano que se passa um veículo roda em média 390 km a menos que no anterior. Em cinco anos serão 2 mil km a menos por ano.

QUILOMETRAGEM ANUAL POR CATEGORIA


A rodagem por categoria de veículo traz resultados de certa forma esperados. Os carros de passeio pequenos rodam em média 13 mil km por ano, 12,9 mil km a mais que um carro grande. Num raciocínio simples, os carros maiores e mais luxuosos passam mais tempo na garagem, enquanto pequenos rodam mais no dia a dia em deslocamentos ao trabalho, levando as crianças na escola ou fazendo compras no supermercado. A categoria “Passeio” da tabela inclui hatches, sedãs e station wagons (peruas). Na categoria utilitários e comerciais leves estão incluídos utilitários esportivos, picapes e vans. É fácil entender por que o utilitário pequeno roda mais que o grande: uma picape Fiat Strada, muitas vezes comprada por frotistas e microempresas, quase sempre é utilizada no trabalho pesado, enquanto uma picape Toyota Hilux fará deslocamentos menores e em uso familiar.



Tags: KBB, Kelley Blue Book, carros de passeio, hatches, sedãs, station wagons, utilitários, comerciais leves.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência