Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 24/04/2019 | 11h57

MWM projeta vendas 15% maiores em 2019

Divisão para o mercado de reposição aposta em novas linhas de produtos e de serviço e-commerce

SUELI REIS, AB

A MWM projeta um crescimento de 15% de suas vendas relacionadas ao mercado de reposição no Brasil, índice semelhante ao do ano passado, quando a empresa já tinha observado aumento dos negócios na mesma proporção, considerando o mercado interno. O mesmo índice de alta é esperado para as exportações, que no ano passado anotaram, incremento de 16%.

Para o presidente e CEO da empresa, José Eduardo Luzzi, parte do crescimento deste ano está sustentado na própria reação do aftermarket, que vem elevando seus números nos últimos anos. Ao mesmo tempo, outra parte do crescimento estimado deve vir dos resultados das ações da empresa dedicadas ao segmento, com lançamentos de produtos e serviços, que estão sendo exibidos na Automec, feira internacional de autopeças que está sendo realizada no São Paulo Expo até dia 27.

Luzzi lembra que dos 4,4 milhões de motores já produzidos pela MWM em 66 anos de Brasil, estima-se que 2,2 milhões ainda rodem pelas estradas brasileiras e outros 600 mil trafegam em vias fora do País, o que justifica a importância de complementação contínua da linha de produtos para o mercado de reposição.

Entre as novidades para o segmento de autopeças, a companhia destaca suas três linhas de produtos durante a Automec: Peças Genuínas, que atendem as demandas dos motores MWM e que são responsáveis por 90% das vendas da divisão; Multi Parts, linha multimarca dedicada a outros motores que não são MWM; e a linha Opcionais, dedicada à manutenção de motores mais antigos e que surge como uma opção de preço mais acessível.

Segundo o CEO, os demais 10% das vendas da divisão de aftermarket são das linhas de peças multimarcas e opcionais. “Há dois anos, essas linhas não tinham essa representatividade, é uma tendência natural que haja esse avanço”, comenta.

“Nos últimos dois anos, foram lançados mais de 590 itens para a reposição e só neste ano serão mais de 200 itens”, complementa o diretor da divisão de aftermarket, Thomas Püschel, acrescentando que todo o portfólio possui 16 mil itens no total. Ele conta que a linha Opcionais é um dos focos da estratégia da divisão para este ano: “A linha chegou de forma ainda tímida em 2017 e neste ano ela vem com um apelo mais forte a partir de novos itens que serão disponíveis para o mercado.”

Segundo Püschel, a linha Opcionais também vem com a proposta de combater o mercado paralelo, muitas vezes sustentado por peças importadas da China. “Não é a linha de peças utilizadas na montagem dos motores MWM, mas todos os itens são homologados pela nossa equipe de engenharia”, conta.

Outra novidade é o lançamento da plataforma de vendas online, que sai do patamar de projeto piloto e inicia as vendas com um portfólio inicial de 1,3 mil itens, por enquanto apenas para o Estado de São Paulo. Segundo Luzzi, até meados do ano a plataforma estará disponível para entregas em todo o País. “O e-commerce de autopeças está começando no Brasil, mas é uma tendência que já observamos fora, em outros países”, explica Luzzi.

FOTOS DA AUTOMEC 2019








Tags: MWM, mercado de reposição, aftermarket, Automec, Eduardo Luzzi, Thomas Püschel.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência