Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 24/04/2019 | 19h15

Knorr-Bremse anuncia colunas de direção para mercado de reposição

Empresa de origem alemã começa produção em maio, visando veículos autônomos

PEDRO DAMIAN, PARA AB

Knorr-Bremse inicia em maio a fabricação de sua coluna de direção voltada ao mercado de reposição. O anúncio foi feito na Automec por Jefferson Germano, diretor de aftermarket da empresa para o Brasil e América Latina. Para reposição, serão comercializadas árvores intermediárias com faces de 308 mm e 1362 mm, que podem intercambiar com árvores intermediárias de guias esféricas.

“A Knorr entrou no mercado de caixas e colunas de direção em 2013, na Europa. Aqui no Brasil adquiriu no final de 2017 os ativos do negócio da NFP. Em 2018 transferimos a fábrica para Itupeva e em janeiro de 2019 começamos a produzir colunas de direção para equipamento original. Hoje somos fornecedores de várias montadoras, entre as quais Volkswagen e MAN, com potencial de aumento de negócios das colunas de direção”, afirma o executivo.

“O propósito da Knorr-Bremse, ao entrar no segmento de coluna de direção, é se posicionar como fornecedora para o veículo do futuro, que é o autônomo”, afirma Germano.



A nova linha de produção segue a estratégia global do grupo alemão de investir no segmento de sistemas de direção e, assim, ter em mãos as tecnologias necessárias para o desenvolvimento da condução autônoma. O grupo Knorr-Bremse, especializado em sistemas de freio rodoviários e ferroviários, faturou 6,6 bilhões de euros em 2018.

FOTOS DA AUTOMEC 2019




Tags: Knorr-Bremse, Automec 2019, autopeças, aftermarket, conectividade, mobilidade, carro autônomo, coluna de direção.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência