Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
São Paulo cria polos de desenvolvimento e concede benefícios

Indústria | 23/05/2019 | 19h20

São Paulo cria polos de desenvolvimento e concede benefícios

Catorze setores da indústria são contemplados em onze centros industriais, incluindo o automotivo

REDAÇÃO AB

O governo do estado de São Paulo anunciou na quinta-feira, 23, a criação de onze polos de desenvolvimento econômico envolvendo pelo menos 14 setores da indústria, entre eles o automotivo (veja lista completa abaixo). Os polos contarão com pacotes de benefícios setoriais, segundo comunicado.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o objetivo é fomentar e incentivar o aumento da produtividade na indústria, atrair investimentos e impulsionar a inovação e a geração de empregos. O plano é reunir na mesma região geográfica políticas para determinado setor produtivo.

Sobre os benefícios, a pasta informa que serão concedidos em torno de seis pilares, mas não detalhou como serão: simplificação tributária e regulatória, financiamento competitivo voltado ao adensamento da cadeia produtiva, tecnologia e inovação, qualificação de mão de obra, infraestrutura e serviços e ambiente de negócios e desburocratização.

“Cursos customizados e adequados às demandas das regiões, por meio das Fatecs e Etecs, instituições sólidas, capacitadas, historicamente”, comentou o governador, João Doria.

Além do automotivo, os polos anunciados contemplam os setores saúde e farma; metal-metalúrgico, máquinas e equipamentos; químico, borracha e plástico; derivados do petróleo e petroquímico; biocombustíveis; alimentos e bebidas; têxtil, vestuário e acessórios; couro e calçados; tecnologia e eco florestal.

“A atuação dos polos é para identificar falhas de mercado e atuar nas falhas de governo”, comentou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “Nosso trabalho é alavancar a produtividade e a competitividade do setor privado impulsionando e melhorando as políticas públicas nas regiões onde as cadeias produtivas estão instaladas”, disse.

Os onze polos industriais e que cobrem todas as regiões do estado são:

1. Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos: Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto

2. Alimentos e Bebidas: Marília, Bauru, São Carlos, Barretos, São Paulo e Região Metropolitana, Piracicaba, Campinas

3. Automotivo: Sorocaba, Campinas, Piracicaba, ABC, Alto Tietê, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba

4. Biocombustíveis: Barretos, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente

5. Couro e Calçados: Franca, Bauru, Araçatuba

6. Derivados de Petróleo e Petroquímico: Baixada Santista, Piracicaba, Bauru, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba

7. Eco Florestal: Vale do Ribeira

8. Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos: Ribeirão Preto, Central, Piracicaba, Sorocaba, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba

9. Químico, Borracha e Plástico: Baixada Santista, São Paulo e Região Metropolitana, Campinas, ABC, Alto Tietê, Vale do Paraíba

10. Saúde e Farma: Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo e Região Metropolitana, Alto Tietê

11. Têxtil, Vestuário e Acessórios: São Carlos, Itapetininga, Sorocaba, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba.



Tags: Polo de desenvolvimento, simplificação tributária, São Paulo, pacote de benefícios, João Doria.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência