Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Na nova Daimler, entra Källenius e sai Zetsche; com “homenagem” da BMW
Dieter Zetsche entrega a Ola Källenius o comando do Grupo Daimler

Carreira | 23/05/2019 | 20h32

Na nova Daimler, entra Källenius e sai Zetsche; com “homenagem” da BMW

Mudanças na diretoria acontecem com aprovação da nova estrutura da companhia em três empresas independentes

REDAÇÃO AB

Durante a reunião anual de acionistas na quarta-feira, 22, foi aprovada por larga maioria a nova estrutura do Grupo Daimler, que a partir de novembro próximo será formalmente dividida em três empresas independentes: Mercedes-Benz AG, que fica com os negócios de automóveis e vans; Daimler Truck AG, dona de todas as marcas de caminhões e ônibus da fabricante; e Daimler Mobility AG, que sucede o braço financeiro da corporação para, além de financiamentos, também oferecer serviços de mobilidade. Na mesma data, um dos arquitetos dessa transformação, Dieter Zetsche, aos 66 anos, despediu-se do comando do conselho de administração do grupo, entregando a Ola Källenius seu assento na cabeceira da longa mesa de diretores em Stuttgart, que ocupou durante 13 anos na sede da companhia na Alemanha.

Källenius já tinha assento na diretoria, onde era responsável pela área de pesquisa grupo e desenvolvimento de automóveis. Ele substitui Zetsche nos dois cargos que este ocupava: presidente (chairman) do conselho de administração do Grupo Daimler e principal executivo da Mercedes-Benz Cars. Mas não foi um adeus definitivo: já ficou acertado que após um período de afastamento obrigatório de dois anos, na reunião de acionistas de 2021 será proposto a aprovação de Zetsche para ocupar um dos assentos do conselho de supervisão da companhia.

“Com Dieter Zetsche um executivo excepcional está partindo. Ele liderou a bem-sucedida volta da Daimler ao topo, também através de terrenos difíceis. Junto com os empregados, moveu adiante a transformação fundamental da companhia. Sob sua liderança, a Daimler construiu as fundações para um bom futuro. Ele merece toda nossa gratidão”, destacou Manfred Bischoff, presidente do conselho de supervisão do grupo.

Zetsche iniciou sua trajetória na Daimler em 1976 e acumulou grande número de cargos e funções. Com um doutorado em engenharia elétrica, ocupou posições de gestão na unidade de veículos comerciais no Brasil (nos anos 1980, quando nasceu sua filha), na Argentina e nos Estados Unidos, até ser indicado, em 1995, para o conselho de administração da Mercedes-Benz como chefe de vendas. Em 2000 foi nomeado presidente da Chrysler nos Estados Unidos, para arrumar a empresa que havia sido comprada um ano antes pela Daimler – e lá foi apelidado de “General Custer”, em referência ao seu indefectível bigode branco e rigidez financeira. Cinco anos depois, voltou à Alemanha para ser chefe da Mercedes-Benz Cars, função que acumulou com a de CEO do Grupo Daimler a partir de 2006.

Källenius chega ao mais alto posto executivo do Grupo Daimler aos 49 anos. Ele ingressou na companhia em 1995 e já ocupou diversos cargos de direção na Alemanha e em outros países. Em 2015 acendeu ao conselho de administração como responsável por marketing e vendas da Mercedes-Benz Cars e em 2017 trocou de assento na diretoria para assumir a coordenação de desenvolvimento de automóveis. Agora que assumiu a cadeira na cabeceira da mesa da direção, Källenius será sucedido em seu posto anterior por Markus Schäfer, que também assume responsabilidades no conselho por compras e qualidade dos fornecedores.

BMW: “COMPETIÇÃO INSPIRADORA”



No dia da saída de Zestche, foi a BMW, principal concorrente da Mercedes-Benz, que roubou a cena ao veicular na internet um vídeo jocoso, em que mostra um sósia do executivo se despedindo dos colegas em seu último dia na Daimler, em seguida ele vai para casa no banco de trás de um Classe S, diz adeus ao carro e motorista, entra na sua garagem, de onde sai dirigindo um BMW i8 híbrido conversível, com a frase escrita na tela “free at last” (algo como “livre enfim”). O filme termina com um agradecimento: “Obrigado Dieter Zetsche, por tantos anos de inspiradora concorrência”.



Tags: Daimler, Mercedes-Benz, Daimler Truck, Daimler Mobility, Dieter Zetsche, Ola Källenius.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência