Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Mercedes-Benz lança versão do caminhão Accelo com câmbio automatizado
Transportadora Jamef é a primeira a testar caminhão Accelo com câmbio automatizado em operações de transporte urbano

Lançamentos | 29/05/2019 | 17h55

Mercedes-Benz lança versão do caminhão Accelo com câmbio automatizado

Tecnologia eleva a vida útil da embreagem e reduz o consumo de combustível em até 3%

REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz apresenta novidades na sua linha de caminhões Accelo, que passa a contar com uma nova opção de câmbio automatizado, além de uma nova versão de entrada. A família de caminhões Accelo é composta por modelos que atuam no segmento leve, com PBT (peso bruto total) de 6 a 10 toneladas; e médio, de PBT entre 10 e 13 toneladas.

No caso do câmbio automatizado, a Mercedes-Benz decidiu testar o produto em uma operação real com um cliente, sendo a Jamef a primeira a utilizar o caminhão com esta opção. A transportadora, uma das maiores do País em carga fracionada, está utilizando o modelo médio Accelo 1316 6x2 e o leve 1016, ambos com câmbio automatizado, em serviços de entregas urbanas, encomendas urgentes (e-commerce) e nas operações de transferência de carga entre suas unidades.

As transmissões automatizadas têm seis velocidades e são fornecidas pela Eaton. Foram desenvolvidas no Brasil para atender as características do mercado local, com grande número de trocas de marcha por causa do tráfego intenso dos centros urbanos.

“Com o início das vendas em abril deste ano, o Accelo é a primeira linha de caminhões leves e médios a entregar o câmbio automatizado no mercado brasileiro”, diz o vice-presidente de vendas e marketing caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini. “Além disso, somos a única marca a oferecer câmbio automatizado para toda a linha de caminhões, reforçando a liderança em tecnologia e o pioneirismo no País”.

Segundo a Mercedes, com o câmbio automatizado, o caminhão pode atingir uma redução do uso de combustível de até 3% em operações urbanas pela automatização e inteligência aplicada no câmbio. Ele também prolonga a vida útil da embreagem em pelo menos duas vezes, o que reduz o custo de manutenção e operação do veículo. O câmbio automatizado conta com dois modos de condução: função Eco, com foco em economia de combustível, e a função Power, para situações de subidas/serras e ultrapassagens. A tecnologia também tem sistema que reconhece a inclinação da pista e a carga do veículo realizando a troca de marcha de forma mais correta e adequada de acordo com as condições de pista e do veículo. Também vem equipado com sistema de auxílio de partida em rampa.

“Há uma melhora no consumo, trazendo economia para a nossa operação de transporte. Além disso, essa tecnologia demanda menor custo de manutenção. Já o motorista ganha em conforto de dirigibilidade, melhor performance e produtividade”, afirma o diretor de operações da Jamef, Michael Oliveira.

Juliano Alba, gerente de tráfego, frota e manutenção da Jamef, diz que a transportadora trabalha com foco em custo por quilômetro para avaliar os gastos operacionais de sua frota própria. “O custo por quilômetro do Accelo é excelente, levando em conta a média de consumo de diesel, gasto com manutenção e disponibilidade, que são os critérios essenciais para nossa gestão”, afirma. Dos mais de 200 veículos Mercedes-Benz que a Jamef possui em sua frota própria, 100 unidades são do Accelo 815. “Os motoristas já têm familiaridade com os caminhões da marca: em qualquer situação, o câmbio automatizado foi totalmente aprovado”, completou.

NOVA OPÇÃO DE ENTRADA


Além do câmbio automatizado, a linha Accelo ganhou mais uma opção, a nova versão de entrada com cabine curta, cuja configuração é válida para os três modelos da linha, os leves 815 e 1016 e o médio 1316. A versão conta com coluna de direção fixa, banco do motorista estático e fixo para os dois acompanhantes.

A Mercedes diz que vai intensificar as demonstrações do Accelo em operações reais com clientes com o apoio da rede de concessionárias.



Tags: Mercedes-Benz, caminhão, Accelo, câmbio automatizado, Jamef, consumo, combustível.

Comentários

  • Glaucio

    Faixade preços?

  • CarlosJ. M. Brum.

    Achoótimo já era tempo tenho um 1016 e Vou trocar por um automático assim q tiver no mercado ainda mais q uso uma prótese na perna esquerda abaixo do joelho.Fico muito grato e feliz por ter sido a Mercedes a primeira a ter esta ideia mas também pudera Mercedes é Mercedes o resto é ....... Obg valeu

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência