Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
FPT Industrial ganha 10% de produtividade com atualizações
Segundo a fabricante, os layouts das estações de trabalho foram reposicionados para melhorar a ergonomia

Indústria | 27/06/2019 | 20h30

FPT Industrial ganha 10% de produtividade com atualizações

Mudanças de layout e acompanhamento digital dos processos reduziram perdas e melhoraram ambiente na fábrica

REDAÇÃO AB

A FPT Industrial fez atualizações em sua fábrica, em Sete Lagoas (MG), que elevaram a eficiência, reduziram perdas e aumentaram segurança, conforto e criaram ambientes digitais e mais intuitivos para os colaboradores. As melhorias permitiram aumento médio de 10% na produtividade.

Os projetos implantados incluem reposicionamento de estações de trabalho nas linhas de produção, melhora na ergonomia e integração das áreas a partir do sequenciamento digital dos kits de peças utilizados nos motores.

A fábrica de Sete Lagoas é certificada desde 2016 com o nível prata do World Class Manufacturing (WCM), um dos mais altos possíveis em todo o mundo. A unidade produz os motores das famílias F1A, F1C, NEF e S8000, aplicados em veículos para transporte de cargas e passageiros, em máquinas agrícolas e de construção, além de geradores de energia.

A FPT Industrial implantou dentro da fábrica um projeto piloto na América do Sul chamado Compass Room, uma sala 100% digital que integra diferentes áreas, facilitando o entendimento na execução de projetos para garantir resultados sustentáveis.

“A grande vantagem dessa tecnologia é o acesso às informações. Conseguimos visualizar o trabalho de cada área, facilitando a análise e indicando projetos prioritários. O conceito moderno e intuitivo fornece autonomia para enxergar melhores ambientes e produtividade”, afirma o gerente de operações, Mário Coriale.

Segundo a fabricante, as mudanças favoreceram a interligação das estações de trabalho às linhas de produção de motores. Na etapa mais recente foram reposicionados os layouts de cada estação.

A maior proximidade dos colaboradores com peças, ferramentas e utensílios melhorou a ergonomia. A fábrica dispensa protetores auditivos em toda a área de manufatura e eliminou a necessidade de óculos de proteção nas linhas de produção F1A e F1C.

BUSCA PELA QUALIDADE


De acordo com a FPT Industrial, o processo de montagem dos motores é monitorado por sistemas de controle automatizados. Todos os propulsores são submetidos a testes de dinamômetro. Nas salas do banco de provas, avaliações monitoram em tempo real aspectos de vibrações e temperatura. Atualmente, 165 colaboradores trabalham na fábrica de onde sai um novo motor a cada quatro minutos.



Tags: FPT Industrial, Sete Lagoas, sequenciamento digital, World Class Manufacturing, WCM, motores, F1A, F1C, NEF, S8000, Mário Coriale, dinamômetro, banco de provas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência