Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Anfavea revisa exportações para baixo e prevê queda de 28,5%

Indústria | 04/07/2019 | 15h51

Anfavea revisa exportações para baixo e prevê queda de 28,5%

Projeção para 2019 caiu de 590 mil para 450 mil unidades por causa da retração argentina

MÁRIO CURCIO, AB

A retração de 41,5% nas exportações de veículos no primeiro semestre obrigou os fabricantes a reduzir suas projeções. Em vez de 590 mil unidades e recuo de 6,2% em relação a 2018, eles preveem agora 450 mil veículos e forte queda de 28,5% na comparação com 2018. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

- Faça aqui o download dos dados da Anfavea
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



“A queda nas exportações continua refletindo a situação do mercado argentino”, afirma o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes



De janeiro a junho o Brasil exportou 182 mil automóveis, registrando queda de 40% ante os mesmos meses do ano passado. Os comerciais leves somaram 30,2 mil unidades e anotaram recuo de 47,2%.

A retração em caminhões foi mais acentuada, 58,6%, com apenas 5,9 mil unidades embarcadas nestes seis meses. A venda externa de ônibus caiu menos, 21,6%. A dependência da Argentina é menor nesse segmento e o Brasil tem enviado seus veículos para mercados importantes como Colômbia e Chile por causa de renovações de frota em grandes corredores. Desde o início do ano o Brasil exportou 3,7 mil ônibus, dos quais 2,5 mil eram modelos urbanos.

Apesar da revisão para baixo das exportações, a Anfavea manteve a projeção de produção total em 3,14 milhões de unidades porque acredita em um bom desempenho do mercado interno para o segundo semestre.



Tags: Argentina, exportações, Anfavea, Luiz Carlos Moraes, automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência