Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupos Renault e Jiangling se unem em joint venture por veículos elétricos na China

Internacional | 17/07/2019 | 19h01

Grupos Renault e Jiangling se unem em joint venture por veículos elétricos na China

Empresa europeia investirá € 128,5 milhões em capital para ser acionista majoritária

REDAÇÃO AB

Os Grupos Renault e Jiangling (JMCG) concordaram em trabalharem juntos para expandir suas participações no mercado de veículos elétricos na China, que é o maior do mundo. Em comunicado divulgado na quarta-feira, 17, a Renault informa que aplicará o equivalente a € 128,5 milhões (RMB 1 bilhão em moeda local) na joint venture JMEV, subsidiária da Jiangling criada em 2015 e dedicada à produção desses modelos com a marca Eveasy. Com isso, a marca francesa se tornará acionista majoritário da joint venture, com 50% do capital.

Um primeiro acordo entre as duas companhias foi divulgado ainda em dezembro de 2018, quando as empresas confirmaram seu interesse em trabalhos conjuntos na China para o segmento de veículos elétricos. Com a cooperação, agora formalizada, enquanto a Renault será capaz de ampliar sua atuação no mercado chinês, a JMCG será beneficiada pela integração e dos recursos, promovendo seu crescimento para o futuro.

“A China é um mercado chave para o Grupo Renault e esta parceria no negócio de veículos elétricos com a JMCG irá apoiar o nosso plano de crescimento no país e em nossas capacidades para com veículos elétricos. Como pioneira e líder no mercado europeu de veículos elétricos há mais de 10 anos, vamos capitalizar nossa experiência em P&D, produção, vendas e serviços”, declarou o vice-presidente sênior do Grupo Renault na China, François Provost.

Por sua vez, o presidente da JMCG, Qiu Tiangao, reforça o pioneirismo da companhia em ser uma das primeiras empresas chinesas a introduzir parceiros estratégicos internacionais para a produção e desenvolvimento de veículos elétricos: “Em parceria com o Grupo Renault, a JMEV será capaz de elevar sua competitividade a um novo patamar e penetrar no mercado de veículos elétricos da China”, disse.



Tags: Renault, joint venture, veículos elétricos, China.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência