Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Parcerias | 19/07/2019 | 15h05

BYD e Toyota firmam acordo para desenvolver veículos elétricos

Plano prevê sedãs e SUVs movidos a bateria para vendas na China

REDAÇÃO AB

Mais duas gigantes do setor automotivo global se unem para o desenvolvimento de veículos elétricos: desta vez, BYD e a Toyota surpreendem o mercado ao anunciar um acordo que prevê projetos conjuntos de automóveis movidos a bateria. Em comunicado divulgado na sexta-feira, 19, as companhias informam que a parceria prevê o desenvolvimento de modelos como sedãs e SUVs, bem como de suas baterias, com lançamento pela Toyota para vendas na China até 2025.

De um lado, a BYD, chinesa, que nasceu como uma empresa produtora de baterias e que se tornou ao longo de 25 anos uma das referências globais em soluções de energia limpa, fabricando não apenas veículos elétricos, mas outros produtos, como células de combustível, incluindo as de grande porte, além de conjuntos propulsores para veículos elétricos, como baterias e motores. Em 2008, a BYD se tornou a primeira empresa do mundo a produzir veículos elétricos híbridos plug-in em massa.

Por sua vez, a Toyota também possui know-how no segmento: em 1997, tornou-se a primeira empresa no mundo a lançar um híbrido eletrificado de produção em massa, o Prius. No entanto, a empresa japonesa sempre relutou em desenvolver modelos puramente elétricos a bateria porque entendia que faltava autonomia para tornar esses veículos viáveis. Por isso, seu discurso – e portfólio – dos últimos anos reflete uma aposta em híbridos como solução intermediária, um tipo de ponte, até viabilizar economicamente as células de combustível a hidrogênio para ter um carro elétrico de emissão zero com autonomia parecida aos motores a combustão. Agora, a montadora se rende ao inevitável, uma vez que o mundo todo opta pelos elétricos a bateria para reduzir emissões.

Com o aumento da capacidade das baterias e redução do custo delas, uma vez que sua produção começa a ganhar escala considerável – área que a BYD domina – a Toyota prova que mudar de ideia faz parte do jogo.

Conter o aquecimento global é um dos principais fatores que movem as empresas – e os governos – a exigirem veículos cada vez menos poluentes, com reduções significativas de CO2. No entanto, sinergias sempre são citadas como forma de sustentar um negócio caro e que ainda não paga as próprias contas, embora a Toyota e a BYD não tenham detalhado como se dará o acordo, incluindo se a produção será somente na China ou também fora dela.

“Para atingir esses objetivos, ambas as empresas acreditam que é necessário deixar de lado sua rivalidade e colaborar; portanto, as duas empresas concordaram em desenvolver conjuntamente veículos elétricos a bateria”, diz o comunicado.



Tags: BYD, Toyota, acordo, veículos elétricos, bateria.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência