Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan Kicks completa 3 anos e mais de 230 mil unidades vendidas

Leves | 12/09/2019 | 16h16

Nissan Kicks completa 3 anos e mais de 230 mil unidades vendidas

Desenvolvido e fabricado no Brasil, SUV é oferecido em 44 mercados pelo mundo

REDAÇÃO AB

O Nissan Kicks está completando três anos e a venda de mais de 230 mil unidades desde seu lançamento em agosto de 2016: primeiro importado do México, e a partir de abril de 2017, com produção nacional na fábrica de Resende (RJ). Desenvolvido pela equipe do centro de design da montadora no Brasil, atualmente o modelo é vendido em 44 países em todo o mundo.

Na América Latina, o SUV é oferecido em 22 mercados e mais 22 em outras regiões do mundo. Para abastecer a demanda mundial, ele é produzido em cinco fábricas: Brasil, México, Índia, China e Tailândia.

“Desde sua concepção, o Nissan Kicks tem colhido sucesso em toda a região e caiu no gosto dos consumidores latino-americanos. Estamos muito orgulhosos de comemorar os três anos desde que o crossover começou a fazer parte do nosso portfólio de produto, passando depois a ser produzido em nossa fábrica no Brasil, com os mais altos padrões de qualidade japonesa", comenta o diretor de marketing da Nissan América Latina Luis Alberto Perez Ettedgui.

O modelo é o quarto SUV mais vendido no Brasil, considerando as vendas acumuladas de janeiro a agosto deste ano, ficando atrás dos Jeep Renegade, Compass e Hyundai Creta, nesta ordem.

Em junho deste ano, a fábrica de Resende atingiu o volume de 100 mil Kicks fabricados.



Tags: Nissan, Kicks, SUV, Resende, fábrica, SUV.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência