Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 04/10/2019 | 18h59

Freudenberg-NOK fechará fábrica no Brasil

Unidade localizada em Diadema (SP) deixará de operar em até um ano

SUELI REIS, AB

A Freudenberg-NOK, empresa do Grupo Freudenberg, decidiu fechar sua fábrica localizada em Diadema (SP), onde produz componentes de vedação para veículos leves, pesados e motocicletas, como retentores, anéis de vedação, selos, juntas e coifas, entre outros. A planta é a única da divisão que opera no Brasil cujo processo de encerramento das operações deve ser concluído em um ano, até outubro de 2020.

Em nota, a empresa afirma que a decisão é parte de sua estratégia de reposicionamento no mercado e indica que os componentes serão importados de fábricas que operam em outros países, incluindo novos itens ao portfólio. A empresa confirma que continuará dando suporte aos clientes por meio de sua equipe de vendas e engenharia e que demais fábricas do Grupo Fredenberg no Brasil não serão afetadas. Elas continuarão atuando com as divisões Chem-Trend, EagleBurgmann, Klüber Lubrication, SurTec, Vibracoustic, Freudenberg Performance Materials e Freudenberg Filtration Technologies.

“Apesar de todos os esforços, o retorno dos investimentos não se materializou de forma sustentável. Para a empresa e para o Grupo Freudenberg, orientação de longo-prazo e sustentabilidade são elementos-chave para a perenidade do negócio. Esse reposicionamento corrobora a nossa capacidade de se reinventar. E representa mais um passo em direção ao futuro”, afirma em nota o presidente da Freudenberg-NOK Sealing Technologies, George Rugitsky.

De acordo com a empresa, ainda não é possível mensurar o número de demissões. Haverá uma reestruturação no quadro de funcionários ao longo do ano que vem.

Em todo o mundo, a companhia possui 23 unidades, entre fábricas, centros de desenvolvimento, pesquisa e de vendas e emprega cerca de 5,2 mil pessoas, incluindo Brasil, Estados Unidos, México, Canadá e Malásia. A Freudenberg-NOK é uma empresa com atuação nas Américas e fruto da parceria entre a companhia alemã Freudenberg Sealing e a japonesa NOK Corp.



Tags: Freudenberg-NOK, fábrica, demissões, Diadema, componentes de vedação, Grupo Freudenberg.

Comentários

  • FernandaBrito

    Boatarde! Fico imensamente triste com essa decisão a Freudenberg-nok começou a fazer parte da minha familia no ano de 2002 até o ano de 2013 sendo como uma segunda mãe onde obtive bons frutos. Hj em 2019 o meu fruto teve o privilégio de fazer parte dessa compainha empresarial que vem transformando a vida de jovens ,proporcionando curso e vagas de emprego preparando pro amanhã que Deus ilumine os gestores apreciem

  • AlcirJosé Bertozzo

    Gostariade receber informações

  • JoséValdenir de Sousa

    Umadas referencias no setor de retentores. Incorporou a antiga Rubrasil. Aqui no Brasil, o principal concorrente está em recuperação judicial. Muitas indústrias de artefatos de borracha estão em um péssimo momento , com baixa produção, custos elevados e falta de perspectivas a curto prazo.

  • Alessandra

    Émuito triste vê mais uma fábrica se fechando, mais pessoas desempregada, trabalhei 8 anos na freudenberg, uma grande empresa só tenho a agradecer os anos que lá passei, com certeza é muito triste.

  • FabioBenaglia

    Seráque o governo de São Paulo e o prefeito de Diadema e demais sindicatos, fizeram alguma reunião ou encontro com a direção aqui e no exterior? Com o objetivo de discutir saídas para essa situação? Não serão somente os trabalhadores desta unidade "os prejudicados", mas sim, toda uma cadeia de fornecimento, como: matéria prima, insumos, logística, alimentação, água, luz, fabricantes de máquinas, material de manutenção, limpeza, isto só para citar alguns...Quando se fecha uma empresa no Brasil, deve-se entender o porquê, e também se a empresa continuará a fornecer o mesmo produto (produzido aqui) importando de outro centro produtivo...o que convenhamos não me parece justo...o Voto e filiação a sindicatos se fazem necessários nestas horas, poderemos ir a lona, mas vamos cair batendo...

  • Sidney

    Comoesse mundo dá voltas. Minha filha à aproximadamente uns oitos anos participou de uma seleção para uma vaga nessa empresa e foi selecionada para o cargo, porém, na ocasião a matriz suspendeu todas contratações. Sorte dela, pois caso contrário, estaria correndo atrás de outra oportunidade.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência