Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Caoa Chery decide pelo fim da produção de QQ no Brasil
Chega ao fim a produção nacional do Chery QQ em Jacareí

Indústria | 25/11/2019 | 19h06

Caoa Chery decide pelo fim da produção de QQ no Brasil

Subcompacto era montado em Jacareí (SP); empresa focará nos segmentos SUV e sedã

REDAÇÃO AB

A Caoa Chery decidiu pôr fim à produção do QQ no Brasil, que era montado na fábrica de Jacareí (SP). Em nota, a empresa informa que se trata de uma decisão estratégica e que com ela passa a focar os negócios e investimentos nas linhas de SUVs, formada pela família Tiggo, e sedãs, que por enquanto conta com o modelo Arrizo 5 e sua versão elétrica 5e.

No comunicado, a fabricante ressalta que a rede de concessionárias continuará dando suporte ao cliente e proprietário do subcompacto, incluindo disponibilidade de peças e serviços de pós-venda.

O QQ chega ao fim da linha por aqui após 8 anos desde que chegou ao mercado nacional primeiro como veículo importado da China. Em todo este período, vendeu 33 mil unidades.

Sua primeira geração contava com duas versões; bem como a segunda geração, que chegou em abril de 2015 com um carro mais completo, mas também importada. Um ano depois, em março de 2016, começou a ser produzida em Jacareí, mas só começou a ser vendido em outubro daquele ano. Na época, sua avaliação pelo Inmetro lhe conferiu o selo Conpet com o melhor desempenho em consumo e emissões de sua categoria (AA).

O QQ também ficou conhecido como o carro nacional mais barato do Brasil: no lançamento do modelo fabricado no Brasil, a versão mais em conta tinha o preço sugerido de R$ 29.990. Com o fim de sua produção, o modelo Caoa Chery mais barato passa a ser o SUV compacto Tiggo 2, com preço a partir de R$ 62.890.


Primeira geração de Chery QQ quando chegou ao Brasil, em 2011



Tags: Caoa Chery, QQ, subcompacto, Jacareí, Chery.

Comentários

  • Dyego

    Newqq foi a revolução dos subcompactos porque tinha preço e era mais completo que os concorrentes não vejo motivo pra parar, mas continuar e investir em mídia propaganda pois o qq era pouco conhecido

  • CARLOSALBERTO DIAS

    Umapena. Um carro com melhor custo benefício da categoria... A Caoa perde muito com essa posição. No meu entendimento ela desvaloriza toda a linha.

  • MaurícioMedeiros

    Lamentável.Uma decisão errada, pois se houvesse um pouco de empenho com publicidade como faz com os outros modelos o QQ com certeza estaria dentre os campeões de venda. Mas como carro barato não enche os bolsos dos empresários. Tira de linha e quem quiser que compre Mobi que é infinitamente inferior e mais caro. Tá certa a Fiat que se esforçar para abocanhar todas as fatias possíveis do mercado.

  • Andreia

    Carrinhomuito bom...tenho um new qq completo ..econômico ...iria trocar por um zero ano q vem ...falta de respeito com os consumidores q já possuem o veículo e futuros adptos da marca ....nunca ví um comercial do qq na tv ...é uma pena $$$$$$ vale mais do que atender um grupo diferenciado de consumidores q podem passar credibilidade p marca ...

  • Juan

    Euachou decisão errada pelo custo e um carro completo q não tem no Brasil, está deixando para q os outros compactos ganhem o mercado, deveriam ser mais agressivos no marketing o carro muito bom

  • Ronaldo

    Infelizmenteo brasileiro não dá valor para o que é bom e barato. Ele gosta é de pagar caro por qualquer produto mesmo que esteja sendo ludibriado. Considero esta decisão da CAOA lamentável. Passou um filão do mercado para os concorrentes sem se esforçar em divulgar este bom carro, que vem completo e com espaço interno excelente!!

  • Reynaldo

    Lamentávela postura dessa fabricante. Mal chegou ao mercado e já encerrou a linha de um prduto. Seria lógico a descontinuação do New QQ, antes da sua nova identidade jurídica e não após. Com certeza Os compradores estão muitíssimo insatisfeitos com tal postura. A rede social é mais importante que a mídia tradicional. Parece que os estrategistas da Caoa esqueceram disso. Uma avaliação negativa na rede repercute 60 vezes mais do que uma avaliação positiva. Portanto , péssima estraoégia e péssimo marketing da montadora Caoachery independente do custo-benefício de seus produtos.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência