Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Startup eiON quer produzir veículo elétrico no Brasil

Indústria | 20/01/2020 | 18h10

Startup eiON quer produzir veículo elétrico no Brasil

Buggy Power movido a bateria visa atender o mercado de turismo e urbano

REDAÇÃO AB

A startup brasileira eiON baseada em Curitiba (PR) desenvolveu um projeto para produzir um veículo elétrico em série no Brasil do tipo buggy. O modelo é equipado com baterias de íon de lítio, que segundo a empresa, já estão sendo montadas em solo nacional por uma das empresas fornecedoras do modelo.

“A eiON foi concebida para ser uma fabricante brasileira de veículos elétricos, referência em soluções acessíveis e sustentáveis em mobilidade. De início, pretende atender resorts e locais voltados ao ecoturismo. Contudo, o carro também pode ser utilizado tanto na área urbana quanto na zona rural e no litoral”, explica um dos diretores da startup, Hélio Mitsuo Sugai.

Projeções para este mercado citadas pela eiON indicam que a demanda por buggies no País seja de 1 mil unidades por ano. Ela também aposta em demanda internacional. Segundo Sugai, o projeto já concluiu a fase do primeiro e de um segundo protótipo, este para aprimoramento, e que agora segue para estruturação de uma produção em série.

“O processo do desenvolvimento do veículo elétrico nacional seguiu o padrão globalmente adotado em processos de inovação, com a fabricação de um primeiro protótipo, normalmente chamado de protótipo alfa, seguido da industrialização de um protótipo beta, com diversos aprimoramentos e adaptações para produção em escala, e de um lote de veículos chamado de cabeça de série, que já está em processo de fabricação, com a estruturação de toda a cadeia produtiva”, afirma Sugai.

Para viabilizar o projeto, a eiON buscou parceria no programa de aceleração da FIEP, Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

“Acreditamos que o veículo elétrico da eiON é um projeto muito importante para o País por trabalhar com tecnologias disruptivas da atual revolução da mobilidade que o mundo está vivenciando”, argumenta João Bosco Faiad Militão, consultor do Sistema FIEP. “O conceito do buggy elétrico da eiON – associado a um estilo de vida sustentável – foi decisivo para receber a empresa em nossa Aceleradora. Estamos orgulhosos em poder apoiar a iniciativa para que o empreendimento ganhe escala e venha atender a todo o Brasil no menor prazo possível”, completa.

A eiON possui umalista de empresas parceiras para o fornecimento de partes e componentes do buggie power, como Wake Motors (chassi e montagem mecânica), baterias de íon de lítio (ACS), Metaliic (metais, usinagem e corte a laser), Bassul (tintas de alta performance), Fanavid (vidros), USA Fibras (carroceria), EAtech Interfaces (interfaces), Flexmotronics (iOT), BradaczCo (eletrônica embarcada), Engremasa (diferencial), Projemec (modelagem 3D), Logsystems (TI) e Gava (inspeção regulatória).

O veículo foi projetado com um sistema chamado de packs expansivos de baterias, sendo assim, ele pode ser configurado com um, dois ou três packs de baterias, conferindo três opções de autonomia. Na versão mais robusta, o modelo pode rodar 200 quilômetros com uma única carga. O carregamento varia de duas a cinco horas, de acordo com a tomada utilizada, 220v ou 110v, respectivamente.

O Buggy Power será equipado com freios à disco nas quatro rodas, acelerador eletrônico, controle eletrônico de tração, sistema de frenagem regenerativa, tração traseira, bancos anatômicos e equipamento de segurança santantônio na carroceria. Segundo a eiON, todas as unidades fabricadas até o momento foram utilizadas para testes e aprimoramento do produto.

Com preço final já definido a partir de R$ 99 mil o Buggy Power será vendido em três opções: luxo, padrão e econômica, com garantia de um ano. O motor elétrico terá garantia de 10 anos, sendo que as baterias poderão ser contratadas com garantia estendida de até cinco anos.

A startup dispõe do site www.aaaeion.com para mais informações e encomendas.



Tags: Startup, veículo elétrico, buggy elétrico, eiON.

Comentários

  • DenisRabenschlag

    Umbuggy por R$ 99.000,00 e autonomia de 200km...vai demorar para engrenar as vendas.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência