Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Salão de Frankfurt acabou, IAA será em outra cidade
Pavilhão da Messe Frankfurt ocupado pelas marcas do Grupo VW em 2019

Eventos | 31/01/2020 | 20h38

Salão de Frankfurt acabou, IAA será em outra cidade

Berlim, Hamburgo e Munique estão na disputa para sediar o evento em 2021

PEDRO KUTNEY, AB

Após 70 anos de exibições na imensidão dos pavilhões da Messe, o Salão de Frankfurt acabou. A próxima edição do IAA, como é chamado o evento na sigla em alemão, será realizado em outra cidade da Alemanha em 2021, segundo informou nesta semana a associação da indústria automotiva alemã, a VDA. Hamburgo, Berlim e Munique são as três cidades finalistas que concorrem com propostas para sediar o evento – também estavam no páreo Colônia, Stuttgart e Hannover (que já sedia o IAA de veículos comerciais).



A decisão de mudar a sede do IAA foi tomada após uma esvaziada edição do evento. Fabricantes tradicionais como GM, Toyota, Nissan, FCA (incluindo Fiat, Chrysler, Jeep, Dodge e Ram) e Grupo PSA (com Peugeot e Citroën) decidiram não montar estandes para suas marcas na Messe Frankfurt em setembro de 2019.

O IAA Frankfurt é mais uma vítima do êxodo de fabricantes de veículos que precisam investir dezenas de bilhões em novas tecnologias enquanto veem cair vendas, rentabilidade e as verbas para montar estandes monumentais nos grandes salões internacionais. Com isso, os imensos 12 pavilhões da Messe (alguns com três a quatro andares) ficaram grandes e caros demais para o salão alemão. Realizado de dois em dois anos, revezando com o Salão de Paris, o Salão de Frankfurt chegou a receber quase 1 milhão de visitantes em 2015 (931 mil), número que caiu para 810 mil em 2017 e foi reduzido a 550 mil pessoas no ano passado.

A ideia, portanto, parece ser fazer um evento mais compacto de agora em diante. Segundo a VDA, o próximo IAA será mais focado em mobilidade do que em veículos. É o mesmo discurso das demais feiras do gênero em todo o mundo – inclusive para o Salão de São Paulo deste ano.

Ainda que seja reduzido em tamanho, os organizadores lutam para que a feira alemã não perca sua relevância em mostrar os principais avanços e as tendências do setor automotivo global, como vem fazendo por quase um século. Em 2019, às vésperas da abertura do Salão de Frankfurt, Bernhard Mattes, presidente da VDA, adiantou essa visão: “O IAA é o mais importante evento para a mobilidade individual do futuro. O evento está evoluindo, assim como toda a indústria, de uma exibição para uma plataforma onde estão presentes a maioria dos participantes desse ecossistema, sejam eles fabricantes de veículos, companhias de tecnologia, fornecedores, empresas de serviços de mobilidade e startups”.



Tags: VDA, Salão de Frankfurt, IAA, Messe Frankfurt, Berlim, Hamburgo, Munique.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência