Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Mitsubishi e Suzuki também estariam fora do Salão

Marketing | 05/02/2020 | 16h20

Mitsubishi e Suzuki também estariam fora do Salão

Japonesas controladas no Brasil pela HPE devem engrossar lista encabeçada pela BMW em janeiro

REDAÇÃO AB

O Salão do Automóvel deve ter mais duas baixas nesta edição 2020, que ocorre entre os dias 12 e 22 de novembro: Mitsubishi e Suzuki, ambas controladas no Brasil pela HPE, estão fora do evento, segundo reportagem da revista Autoesporte.

A posição oficial dada a Automotive Business pela HPE é que a empresa ainda analisa a participação no evento. Caso a desistência se confirme, Mitsubishi e Suzuki vão se juntar a BMW, Mini, Toyota, Lexus, General Motors e, mais recentemente, à Hyundai, que comunicou sua saída na terça-feira, 4.

As duas japonesas controladas pela HPE venderam juntas 25,6 mil veículos no Brasil em 2019. O maior volume foi da Mitsubishi, com 21,9 mil unidades, 1,1% a menos que em 2018. A Suzuki teve 3,7 veículos entregues no ano passado, recuando mais de 20% em relação ao ano anterior.

A Reed Alcantara, organizadora do evento, ainda conta com a presença de Volkswagen, Ford, Honda, Fiat, Jeep, Ram, Dodge, Renault e Nissan para o Salão.



Tags: Mitsubishi, Suzuki, HPE, BMW, Mini, Toyota, Lexus, General Motors, Hyundai, Volkswagen, Ford, Honda, Fiat, Jeep, Ram, Dodge, Renault, Nissan.

Comentários

  • Juliano Barbosa

    Aoler a referida notícia, penso como seria bom termos uma indústria de carros genuinamente brasileira (Gurgel, Puma etc.). Poderíamos fazer um salão do automóvel sem essas empresas estrangeiras que só sabem explorar os consumidores brasileiros. Abraços.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência