Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 17/02/2020 | 20h39

BR e Golar se unem para distribuir GNL no Brasil

Empresas querem desenvolver negócio de abastecimento em pequena escala

REDAÇÃO AB

A BR Distribuidora e a Golar anunciam parceria para a distribuição de gás natural liquefeito, o GNL, em pequena escala no Brasil. O objetivo é desenvolver o negócio utilizando a infraestrutura e know how de ambas em suas áreas de atuação e tornar o combustível disponível em regiões ainda não abastecidas. O acordo ainda está sujeito ao cumprimento de condições.


Para Rafael Grisolia, CEO da BR Distribuidora, a atual conjuntura referente à abertura do setor de gás natural no Brasil, somado à busca por combustíveis alternativos é um impulsionador do negócio.

“A empresa já vinha avaliando oportunidades para atuar no negócio de distribuição de GNL no Brasil e agora estamos otimistas com a parceria”, afirma em nota.

Dados da Golar apontam que 95% dos municípios brasileiros não recebem gás natural liquefeito - a liquefação do gás reduz seu volume em 600 vezes, facilitando o transporte.

“Ao longo dos últimos anos temos trabalhado na infraestrutura de base para viabilizar um projeto de tamanha envergadura e, agora, teremos um parceiro robusto que permite a penetração de uma solução disruptiva em um País de dimensões continentais como o Brasil. Estamos extremamente satisfeitos com essa parceria que vem se desenhando há meses e promete ser algo verdadeiramente transformador”, complementa Eduardo Antonello, CEO da Golar Power.



Tags: BE Distribuidora, Golar, distribuição, abastecimento, GNL, gás natural liquefeito, GNV.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência