Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

COVID-19 | 18/03/2020 | 16h45

Mais montadoras suspendem produção na Europa

BMW, Mini, Rolls-Royce, Porsche e Toyota se juntam a outras fabricantes que já haviam anunciado decisão de parar suas fábricas

REDAÇÃO AB COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Os efeitos da pandemia do Covid-19 vão se alastrando pela indústria automotiva e mais montadoras anunciaram a suspensão das atividades em suas linhas. A BMW comunicou que está se preparando para interromper as operações de suas fábricas na Europa e na África do Sul até o dia 19 de abril, para reduzir os riscos de contaminação do novo coronavírus e se adequar à queda na demanda (medida que inclui o fechamento de concessionárias na Europa).

Mini e Rolls-Royce – que integram o Grupo BMW – vão na mesma linha e vão interromper suas atividades no Reino Unido. A primeira em suas unidades de Oxford, Hams Hall e Swindon, a partir da próxima semana até 17 de abril, enquanto a Rolls-Royce disse que fechará sua fábrica de Goodwood, na Inglaterra, por duas semanas, que será seguida por outras duas semanas de parada, mas esta já prevista anteriormente, para manutenção da linha.

A Porsche também anunciou hoje a interrupção de sua produção, tanto na fábrica principal, em Zuffenhausen/Stuttgart, quanto na de Leipzig, ambas na Alemanha.

Já a Toyota comunicou que vai suspender as operações em todas as suas fábricas na Europa Valenciennes (França), Burnaston e Deeside (Reino Unido), Kolin (República Tcheca, em parceria com a PSA), Sakarya (Turquia) e Walbrzych e Jelcz-Laskowice (Polônia). A montadora japonesa, porém, disse que vai manter equipes em algumas plantas, como a de Valenciennes, onde o futuro Yaris será produzido ainda este ano.

O Grupo Daimler tomou a mesma medida na terça-feira, 17, quando anunciou a paralisação de todas as suas fábricas na Europa por duas semanas, incluindo automóveis, vans e caminhões. Assim, praticamente todas as montadoras vão suspender suas atividades no Velho Continente, já que os grupos PSA, FCA, Ford, Renault e VW haviam anunciado medidas similares no início desta semana.

MONTADORAS AMERICANAS TAMBÉM FECHAM



Na América do Norte, Ford e General Motors também decidiram interromper a produção em todas as suas fábricas nos Estados Unidos, México e Canadá até o dia 30 deste mês, pelo menos. A primeira pretende iniciar a suspensão a partir da quinta-feira, 19, enquanto a GM declarou que a paralisação começará de maneira gradual na semana que vem. A FCA Fiat Chrysler não emitiu nenhum comunicado oficial até a tarde da quarta-feira, 18, mas de acordo com a agência Automotive News, as três grandes fecharam um acordo com a United Auto Workers (UAW), o sindicato dos trabalhadores da indústria automotiva nos Estados Unidos, para suspender suas operações e preservar a saúde dos funcionários.

A Hyundai suspendeu as atividades em sua fábrica no Alabama nesta quarta depois que um funcionário foi testado positivamente para Covid-19. A empresa anunciou que está seguindo todos os protocolos para garantir as condições sanitárias ideais, incluindo a desinfecção da principal área afetada, mas não informou até quando vai a interrupção.

Já a Honda disse que fará uma pausa de seis dias em suas fábricas nos Estados Unidos, México e Canadá, período no qual providenciará uma “limpeza profunda” em suas instalações a fim de assegurar a integridade de seus colaboradores, cujos pagamentos não serão suspensos, segundo a empresa.



Tags: Coronavírus, Covid-19, montadoras, produção, Europa, Estado Unidos, BMW, Mini, Rolls-Royce, Porsche, Toyota, fábricas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência