Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Volume de cargas fretadas pela TruckPad cai 25% na semana

COVID-19 | 25/03/2020 | 20h00

Volume de cargas fretadas pela TruckPad cai 25% na semana

Levantamento com 10 mil contratantes de fretes detectou redução de movimento com queda de consumo causada pela epidemia de coronavírus

REDAÇÃO AB

O agravamento da epidemia de coronavírus e as medidas de isolamento social no País já causa sensível redução na distribuição de mercadorias no País. Levantamento feito pela TruckPad junto a 10 mil contratantes de fretes da indústria, do comércio, atacadistas e transportadoras, que usam a plataforma para fretar caminhoneiros autônomos, detectou redução média de 25% no volume de cargas transportadas esta semana, na comparação com a operação normal das transportadoras.



A maior queda foi no volume de entregas urbanas, as chamadas cargas “last mile”, que tiveram retração de quase 30%. Segundo a TruckPad, esses frentes envolvem a distribuição de mercadorias em estabelecimentos comerciais como lojas de rua, shopping centers, supermercados etc.

Já para as cargas completas, tipo “full truck load’” (ou completa), que ocupam toda a capacidade de um caminhão, a pesquisa aponta queda de 20%, demonstrando que também já há desaceleração nos frentes do agronegócio, comércio atacadista e de boa parte da indústria.

“Este porcentual de queda deve aumentar na próxima semana, quando teremos o reflexo de um período maior de dias nos quais a população consumidora tenha sofrido com as restrições de movimentação”, avalia Carlos Mira, fundador e presidente da TruckPad.



Tags: TruckPad, transportes, fretes, balanço, caminhão, consumo, indústria, coronavírus, Covid-19.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência