Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Produção de máquinas também é afetada pela pandemia
CNH Industrial produz máquinas agrícolas e de construção em 4 fábricas no País, uma delas em Contagem (MG, foto)

COVID-19 | 26/03/2020 | 19h00

Produção de máquinas também é afetada pela pandemia

Case, New Holland, JCB e John Deere paralisam suas fábricas para conter avanço do coronavírus

MÁRIO CURCIO, AB

As empresas de máquinas agrícolas e de construção também vêm interrompendo a produção em suas fábricas pelo País na tentativa de conter o avanço da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. A medida atinge a montagem em diferentes Estados.

A CNH Industrial, responsável pelas marcas Case e New Holland, começou a interromper a produção de suas fábricas a partir de 25 de março e até o dia 27 todas as unidades estarão paradas. O retorno não foi definido. O grupo tem quatro fábricas dedicadas a máquinas agrícolas e de construção, nas cidades de Contagem (MG), Curitiba (PR), Piracicaba e Sorocaba (SP). A CNH não informou quantos trabalhadores ficarão em casa.

A paralisação na CNH Industrial também afeta a produção dos motores FPT e das linhas Iveco de caminhões, utilitários e veículos de defesa na cidade de Sete Lagoas (MG).

A JCB vai interromper a produção de sua fábrica de equipamentos de construção em Sorocaba. Cerca de 400 funcionários estarão em férias coletivas entre os dias 30 de março e 22 de abril. A data de retorno poderá ser alterada. Segundo a empresa, aqueles que podem estão cumprindo home office. A operação de pós-venda permanece ativa para peças e serviços.

A fabricante John Deere interrompeu na quarta-feira, 25, as fábricas de colheitadeiras e plantadeiras em Horizontina (RS) e de equipamentos rodoviários em Porto Alegre (RS). A partir da segunda-feira, 30, a paralisação passa a atingir as demais instalações da John Deere no País: tratores em Montenegro (RS), pulverizadoras em Canoas (RS), máquinas de construção em Indaiatuba (SP), incluindo a planta em joint-venture com a Hitachi, além da fábrica de colhedoras de cana e pulverizadoras em Catalão (GO). O centro de distribuição de peças teve a operação mantida. A John Deere também não revelou quantos funcionários estão afastados.

Todos os colaboradores da sede para a América Latina, em Indaiatuba (SP), inclusive os do Banco John Deere e da área de serviços de suporte ao cliente, trabalharão em home office.

A fábrica da Volvo Construction (Volvo CE) em Pederneiras (SP), onde são produzidas máquinas Volvo e SDLG, mantém a produção até o momento e não informa se haverá interrupção. A unidade emprega perto de 400 funcionários diretos e exporta cerca de 50% de sua produção.



Tags: Covid-19, coronavírus, Case, New Holland, FPT, CNH Industrial, Iveco, JCB, John Deere, Hitachi, Volvo Construction, Volvo CE, SDLG.

Comentários

  • Jean

    Aempresa que eu trabalho presta serviço pra uma dessas empresas a situação é surreal pagamentos alterados esse vírus na verdade veio não só destruir maís acaba com nossos empregos oramos pra que passe essa situação o quanto antes

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência