Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
#MovidosPeloBem: uma corrente para combater a pandemia de coronavírus

COVID-19 | 26/03/2020 | 19h03

#MovidosPeloBem: uma corrente para combater a pandemia de coronavírus

AB propõe movimento além dos negócios, para fomentar o compromisso das empresas com a manutenção dos empregos e apoio à população

REDAÇÃO AB

Apesar da essencial preocupação com a saúde dos negócios automotivos, Automotive Business entende que o aspecto mais desafiador da pandemia de coronavírus envolve o mais essencial aspecto humano: a saúde e o bem-estar das pessoas. Por isso, em uma indústria responsável por prover mobilidade, Automotive Business lança a campanha #MovidosPeloBem.

A ideia é fomentar e reconhecer o compromisso das empresas do setor com a sociedade e o combate à Covid-19 de forma mais ampla. Como disse Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina em entrevista ao Valor Econômico, o “momento é de doar, não de pedir”.

O PODER DE UMA INDÚSTRIA DE 704 MIL EMPREGOS


A campanha pretende reforçar o engajamento das empresas, em primeiro lugar, com a preservação dos empregos e, portanto, com o bem-estar social de quem depende economicamente da cadeia automotiva e de mobilidade.

Segundo entidades representativas do segmento, esta cadeia de valor é responsável por pelo menos 704 mil empregos no Brasil – considerando 126 mil nas fabricantes de veículos, 250 mil na cadeia de fornecedores e autopeças e 328 mil nas concessionárias. A ameaça à estabilidade financeira destas famílias determina também um vasto efeito negativo na cadeia de consumo.

Diante disso, o empenho das organizações para preservar a força de trabalho pelo maior período possível é um enorme passo para proteger esta população e até mesmo se autopreservar, já que o enxugamento do número de empregos agora vai refletir em queda da demanda por veículos lá na frente, quando a implacável roda da economia girar no sentido errado.

A campanha #MovidosPeloBem também estimula o apoio a organizações responsáveis por enfrentar os maiores desafios dessa crise, como a garantia de tratamento a vítimas da doença ou a geração de renda e segurança às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

COMO CONTRIBUIR COM O MOVIMENTO?


Para fazer parte desse movimento pelo bem-estar comum, basta que a organização ofereça qualquer tipo de apoio no combate à pandemia, além da busca essencial por proteger e garantir bem-estar aos seus trabalhadores. Automotive Business dará visibilidade a estas iniciativas na página especial que reúne toda a cobertura da Covid-19.

Às empresas, cabe ainda a tarefa de compartilhar suas ações nas redes sociais com a hashtag #MovidosPeloBem para que o movimento e as discussões em torno dele ganhem alcance.

Entre os bons exemplos de apoio imediato à sociedade estão a Volkswagen, que vai emprestar 100 veículos e doar 2 mil máscaras de proteção facial para o combate ao vírus, e a General Motors, que coordena uma força-tarefa para reparar aparelhos de respiração auxiliar em parceria com o Senai.

QUAIS ENTIDADES PRECISAM DE APOIO?


Nos próximos dias Automotive Business também planeja incentivar doações a organizações comprometidas com a proteção dos elos mais fracos desta crise: as vítimas da doença e as pessoas em situação de vulnerabilidade social que têm dificuldade em obter renda no momento de quarentena.

Em breve vamos organizar uma lista destas entidades que merecem a contribuição das empresas e pessoas do setor. Para nos ajudar nesta missão, indique nos comentários desta notícia organizações que, no seu entender, devem receber o apoio da comunidade automotiva e de mobilidade. Unidos, os elos da cadeia de valor são capazes de seguir #MovidosPeloBem.



Tags: coronavírus, Covid-19, pandemia, indústria automotiva, setor automotivo, produção, emprego, #SetorAutomotivoContraCovid19.

Comentários

  • SérgioForato

    Parabénspela iniciativa da AB, em momentos como estes a maior ferramenta para o combate é a união, enlaçada com o comprometimento daqueles que de alguma forma podem contribuir. Parafraseando o velho ditado " UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ O VERÃO" mas muitas fazem um Outono melhor.

  • Leonado

    PrezadosSrs. No meu entender , " indico" algumas classes a serem consideradas para atendimento ( passarem por avaliação de prioridade ) * MORADORES DE RUA * *CASAS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL* *FORNECEDORES DE REFEIÇÃO /PEQUENOS AGRICULTORES/HOSPITAIS ( NO INTERIOR DE SÃO PAULO) *FUNCIONÁRIOS CAIXAS DE PEDÁGIOS* ! farmácias de manipulação na fabricação de álcool gel ! apoio aos mercadinhos e/ou sacolões de bairros * PRIORITÁRIOS ! em menor prioridade Creio que essas , possam receber alguma ajuda, ou serem inclusas na lista a ser preparada. Obrigado pela oportunidade . Leonardo Anselmo Geraldi

  • Marcella

    ABaterias Moura está com uma iniciativa muito legal para auxiliar na confecção de máscaras. Vale a pena conferir! Segue link para mais detalhes: https://www.moura.com.br/blog/moura-contribui-com-o-combate-ao-coronavirus-e-desenvolve-mascaras-de-protecao-para-doar-populacao/

  • LuizArmando

    Boatarde via a matéria no auto esporte falando sobre o cadastro voluntário para realizar manutenção nos equipamentos respiratórios para as pessoas que precisam por conta da pandemia, como faço para me cadastrar.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência