Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
General Motors propõe layoff e redução de salário em todas as fábricas
GM propôs redução salarial de até 25% em São José dos Campos (SP, foto), onde é feita a S10. Sindicato recusou

COVID-19 | 30/03/2020 | 17h40

General Motors propõe layoff e redução de salário em todas as fábricas

Montadora quer aplicar novas medidas a partir de 14 de abril, após as férias coletivas

MÁRIO CURCIO, AB

A General Motors começa a discutir com diferentes sindicatos a adoção de medidas como layoff e diminuição de jornada de trabalho, ambas com redução de salário, como forma de enfrentar a crise decorrente da pandemia de Covid-19, doença causada pelo coronavírus.

A proposta atinge todas as operações da empresa no País. São cinco fábricas: Gravataí (RS), Joinville (SC), Mogi das Cruzes, São Caetano do Sul e São José dos Campos (todas em SP). Há ainda o campo de provas de Indaiatuba (também em SP). Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, a GM quer reduzir os salários em até 25%, conforme a faixa de rendimento do trabalhador.

O layoff começaria em 14 de abril, na sequência do fim das férias coletivas iniciadas pela empresa. Durante o layoff, parte dos salários seria paga com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o restante, complementado pela fabricante.

O sindicato foi contrário à medida e uma nova reunião entre a entidade e a montadora vai ocorrer na quarta-feira, dia 1º de abril. O layoff é por definição uma suspensão temporária dos contratos de trabalho. Em regra, os trabalhadores ficam em casa, mas também podem passar por treinamentos.

Normalmente, durante o layoff, o ganho líquido é mantido pelo FAT e pelo complemento pago pela empresa. Ao que parece, a GM estaria propondo um complemento abaixo daquele que atingiria o total líquido a ser pago. A montadora não explicou detalhes.

Como prevenção à Covid-19, os trabalhadores da GM em todo o País interromperam suas atividades entre os dias 23 e 24 de março com a utilização do banco de horas e entraram em férias coletivas na segunda-feira, 30.



Tags: GM, General Motors, layoff, redução de salário, Covid-19, coronavírus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência