Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
FCA também fecha acordo para redução de salários e jornada de trabalho
Salários líquidos terão redução de 5% a 20% em Betim (MG), onde são produzidos motores e veículos Fiat

COVID-19 | 17/04/2020 | 16h30

FCA também fecha acordo para redução de salários e jornada de trabalho

Fabricante utilizou a MP 936 para enfrentar pandemia; medida valerá por três meses

MÁRIO CURCIO, AB

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) também vai reduzir os salários e jornadas de trabalho em suas três fábricas no País: Betim (MG), Campo Largo (PR) e Goiana (PE). A montadora se valeu da Medida Provisória 936 para superar a quarentena e as restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Toyota e GM já haviam anunciado medidas semelhantes.

Segundo a FCA, os acordos preveem a retomada da produção de forma gradual ao longo de maio, com possibilidade de nova revisão do cronograma, conforme a dinâmica de mercado e a evolução da pandemia.

O home office para quase todos os trabalhadores da área administrativa será mantido por tempo indeterminado. A redução da jornada de trabalho, segundo a FCA, será adotada de forma flexível a partir de 22 de abril, data de retorno das férias coletivas iniciadas em 24 de março.

A montadora também garantiu estabilidade no emprego, conforme acordo estabelecido com os diferentes sindicatos. A direção da companhia já havia se manifestado contra demissões.

Para a unidade de Betim, onde são produzidos motores, automóveis e utilitários Fiat, a estabilidade acordada foi de 195 dias (seis meses e meio). Também em Betim, o acordo com os trabalhadores prevê redução nos salários líquidos entre 5% e 20%, conforme a faixa de rendimento.

Veja abaixo a tabela acordada na fábrica mineira:


Para salários até R$ 2.857,80, desconto de 5% na remuneração líquida;
Para salários entre R$ 2.857,81 e R$ 6.535,80, desconto de 10%;
Para salários entre R$ 6.535,81 e R$ 10.450, desconto de 15%;
Para salários acima de R$ 10.450, desconto de 20%.



Tags: FCA, Fiat, Chrysler, Covid-19, home office, salários líquidos, remuneração.

Comentários

  • Erivan

    Porque os políticos não reduz os previlegico que tem so os trabalhadores que tem que reduzir o pouco que ganha vamos reduzir o salário dos políticos também todos tem que colaborar com a crise.

  • SILVESTREOLIVEIRA

    Grandeiniciativa e uma visão correta para o enfrentamento da crise. Mostra como a FCA tem sua preocupação social agora e para o futuro.

  • RobsonPorto

    Por7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta sexta-feira que a validade dos acordos individuais entre empresas e empregados para redução de jornada e salários não depende do aval de sindicatos.

  • AgenorPretti

    Sóreduzir os preços dos veículos,que conseguem desovar os estoques,se não fizerem isso, não vão vender carros.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência