Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Foton inicia testes de novo caminhão no Brasil

Lançamentos | 22/04/2020 | 16h26

Foton inicia testes de novo caminhão no Brasil

Modelo TM 2.8 chega ao mercado no segundo semestre e virá com kit GNV

REDAÇÃO AB

A Foton inicia no Brasil os testes de rodagem do novo caminhão TM 2.8 indicado para transporte urbano. Com PBT de 2,8 toneladas, a camionete oferece características de um automóvel, podendo ser guiada por motoristas com carteira de habilitação categoria B. O lançamento no mercado interno está previsto para o segundo semestre.


De acordo com o diretor industrial, engenharia e desenvolvimento da Foton, Leandro Gedanken, a princípio o veículo será importado da China. O primeiro lote será de 100 unidades e chega ainda neste ano.

“Começamos com importação e à medida que o volume cresça já temos estrutura pronta para nacionalização do novo modelo”, prevê Gedanken.

O TM 2.8 é o modelo mais leve da Foton e permite a instalação de uma carroceria com 3 metros de comprimento por 1,5 m de largura. “Basicamente o novo modelo é ideal para utilização em vários segmentos da economia, equipado principalmente com implemento do tipo baú e carga seca, mas com certeza haverá outras inúmeras possibilidades”, aponta o diretor de desenvolvimento de produtos da Foton do Brasil, Eustáquio Sirolli.

O modelo é equipado com motor a gasolina e segundo a empresa, virá com um kit para GNV (gás natural veicular) com garantia da Foton e feito pela empresa especializada Convergas. O modelo com kit gás já está na primeira fase de testes na Coopercarga, uma das maiores cooperativas de carga do País, fazendo logística urbana para a rede de supermercados Carrefour. A previsão é que o veículo rode até 5 mil quilômetros em um mês. De acordo com a Coopercarga, cada viagem levará aproximadamente 800 kg em produtos, realizando dois ciclos de viagens em dias úteis. Ao todo serão transportados 35 mil kg de produtos por mês.

“O novo TM é um produto que já nasce preparado para uso do GNV e tem um relevante diferencial, que é a sua motorização de 1.5 e com essa capacidade de carga útil de 1.788 kg, expressiva para uma camionete e uma grande novidade no mercado brasileiro”, enfatiza o diretor de vendas, marketing e rede de concessionárias da Foton, Ricardo Mendonça de Barros.

A primeira unidade será operada pela Ecomoby, transportadora especializada na utilização de combustíveis alternativos, em parceria com a Coopercarga. A Convergas, empresa responsável pela tecnologia do kit GNV, instalou no veículo um módulo de controle de ignição para assegurar a disponibilidade de potência do motor. O peso total do equipamento é de aproximadamente 170 kg.

“Para armazenar o GNV o sistema é composto por dois cilindros de 60 litros hidráulicos cada, totalizando uma capacidade de 30 metros cúbicos. Com isso a autonomia do veículo só com GNV pode chegar a 280 quilômetros”, explica o diretor da Ecomoby, André Bermudo.



Tags: Foton, caminhão, camionete, TM 2.8, GNV, gás, combustível alternativo, China.

Comentários

  • DIMASANTONIO DE BARROS

    Boanoite a todos ! Primeiramente parabens pelo profissionalismo de voces com materias bem informativas para o leitor, com certeza vai fazer muito sucesso esse T.M. 2.8 da foton em cidades abastecidas pelo gas GNV. Gostaria de saber quando a foton comecará a montar os caminhões de 13,15,17,24 e 29 toneladas no Brasil e se os motores cummins, transmissão ZF serão os fabricadas no Brasil ou serão importados e qual marca de eixo vai ser montado nessas configurações. Tambem gostaria de saber quais são os componentes importados na montagem desse do modelo city-truck 10-16 Bom trabalho a todos ! Att., Dimas Barros

  • AluízioHerculano da Silva

    toupra esse caminhão a gás chegue logo aqui em pernambuco

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência