Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
FCA retoma produção de veículos no Brasil
Funcionário da FCA Fiat Chrysler retoma nova rotina em linha de produção na fábrica de Betim (MG)

COVID-19 | 11/05/2020 | 20h10

FCA retoma produção de veículos no Brasil

Fábricas de Betim e Goiana voltam a operar na segunda-feira, 11; planta de motores em Campo Largo opera há uma semana

REDAÇÃO AB

A FCA Fiat Chrysler retomou as operações de suas fábricas de veículos no Brasil após 48 dias de paralisação: na segunda-feira, 11, os 4,3 mil funcionários da planta de Betim (MG) e 1,5 mil de Goiana (PE) voltaram aos seus postos de trabalho. A fábrica de motores em Campo Largo (PR) reiniciou suas atividades há uma semana, no dia 4, com seus 600 empregados.


As três unidades passaram por grandes adaptações ao adotarem diversas medidas de prevenção em sanitização, saúde e segurança e reorganização da jornada. A companhia instalou novos protocolos que acompanham passo a passo da jornada do funcionário, desde a preparação em casa para o trabalho, a viagem nos ônibus que fazem o transporte para as fábricas, passando por todos os passos dos empregados dentro do ambiente fabril, até o retorno para casa ao fim do expediente. As ações foram implementadas a partir de experiências da retomada da produção na Itália e na Ásia, que ajudaram a moldar o novo padrão local.

Os funcionários de áreas administrativas e que não estão diretamente envolvidos nas atividades de produção continuam em regime de trabalho remoto (home office) com o objetivo de reduzir ao máximo o fluxo de pessoas nas fábricas. O mesmo princípio se aplica a todos os escritórios administrativos e regionais da FCA no Brasil.

“Na semana passada, eu acompanhei pessoalmente todos os passos da nova jornada dos nossos empregados, desde a viagem no ônibus até o momento da volta para casa. Não poupamos esforços e recursos para proporcionar um ambiente seguro e ao mesmo tempo acolhedor para os colegas que estão liderando este momento fundamental da retomada”, disse o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa. “As nossas pessoas são o patrimônio mais valioso que temos na FCA, portanto seguiremos absolutamente vigilantes para garantir que a produção seja restabelecida dentro das melhores e mais rigorosas condições de segurança e saúde possíveis.”



Segundo a FCA, o volume de produção seguirá uma rampa de crescimento ao longo de maio, acompanhando a adaptação das fábricas aos novos procedimentos e também dependendo da demanda do mercado. Antes de suspender a produção, em 23 de março, a unidade de Betim estava produzindo 1,6 mil veículos por dia e a de Goiana, 1 mil.

Nesta primeira etapa de retomada das operações, a FCA está priorizando pelo treinamento de todos os empregados para as alterações efetuadas em layouts e processos, considerando os novos padrões de segurança e sanitização. Os funcionários também estão sendo orientados a realizar um processo minucioso de aviamento, que consiste em examinar todos os equipamentos, sistemas e processos após 48 dias de suspensão da produção, com vistas a garantir uma retomada segura e eficiente.



Tags: FCA, fábrica, produção de veículos, Betim, Goiana, Campo Largo, Antonio Filosa, prevenção, coronavírus, pandemia, Covid-19.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência