Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen retoma produção em todas as 16 fábricas no mundo
Fábrica da Volkswagen em Puebla, no México: última da marca a retomar a produção no mundo

COVID-19 | 16/06/2020 | 19h02

Volkswagen retoma produção em todas as 16 fábricas no mundo

Planta de Puebla, no México, foi a última a ser reaberta após três meses de paralisação

REDAÇÃO AB



Com o reinício da produção na terça-feira, 16, em Puebla, no México, a Volkswagen completou a retomada da produção em todas as 16 fábricas da marca de automóveis no mundo todo, em níveis que vão de 60% a 70% da capacidade anterior à crise causada pela pandemia de coronavírus. A planta mexicana foi a que mais tempo ficou parada: 11 semanas, cerca de três meses. Logo atrás vêm as quatro unidades no Brasil (São Bernardo do Campo, Taubaté, São Carlos e São José dos Pinhais) e duas na Argentina (Pacheco e Córdoba), que ficaram paralisadas por aproximadamente 10 semanas, cerca de dois meses e meio.

Na Alemanha e outros países europeus a VW voltou a trabalhar mais rápido, em seis semanas ou um mês e meio, em média. A primeira fábrica da Volkswagen a retomar a produção de veículos na Europa foi em Zwickau, na Alemanha, que em 23 de abril começou a fabricar o ID.3, primeiro carro elétrico da família ID, que será vendido na Europa a partir de setembro. Em seguida, no dia 28 de abril foi reaberta a maior fábrica da marca, em Wolfsburg, onde fica a sede global da companhia.

Na China, país que confirmou os primeiros casos de Covid-19 no mundo, todas as 33 fábricas de veículos e componentes do Grupo Volkswagen voltaram a operar no início de abril, após cerca de dois meses de paralisações das atividades para conter a epidemia.

Andreas Tostmann, membro do conselho de administração da Volkswagen Passenger Cars responsável por produção e logística, destacou que a fabricante conseguiu retomar as atividades em todo o mundo sem perdas relevantes de fornecimento. Somente para as fábricas europeias da marca, a empresa compra cerca de 100 mil peças diferentes de seus fornecedores. “Nosso modelo de trabalho e nosso posicionamento provaram seu valor na crise”, afirmou.

A VW desenvolveu um plano de proteção à saúde dos empregados para retomada da produção em todo o mundo que envolve quatro fases de segurança. Em Wolfsburg, por exemplo, já foi possível passar do estágio de proteção mais alto (fase 1) para a fase 2. Os protocolos e procedimentos foram reunidos em um documento disponível nos canais digitais da empresa, que já contabilizou mais de 120 mil downloads por fornecedores e outras empresas em todo o mundo.



Tags: Volkswagen, VW, fábricas, indústria, retomada da produção, pandemia, coronavírus, Covid-19.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência