Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
GM adota controle de estabilidade no Chevrolet Spin 2021
Chevrolet Spin 2021: controle de estabilidade de série em todas as versões

Lançamentos | 22/06/2020 | 20h04

GM adota controle de estabilidade no Chevrolet Spin 2021

Monovolume também ganha assistente de partida em rampa e nova geração de câmbio automático

REDAÇÃO AB

A General Motors adotou o controle eletrônico de estabilidade e tração (ESC) para todas as versões 2021 do monovolume Chevrolet Spin. O modelo também ganhou assistente de partida em rampa – que segura as rodas freadas por poucos segundos para facilitar a saída em aclives – tanto para câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas. Externamente e no interior da cabine houve alterações apenas em detalhes do acabamento.

O ESC reduz sensivelmente o risco de deslizamento das rodas e perda de controle do veículo, é equipamento de segurança que se tornou obrigatório no Brasil a partir deste ano para todos os novos veículos e será mandatório para todos de 2022 em diante. No caso do Spin, um projeto do início da década lançado em 2012, a GM está se adiantando à legislação, mostrando que pretende continuar a produzir por mais alguns anos o monovolume para até sete passageiros.

Outro elemento se segurança incorporado ao Spin 2021 é o alerta de não afivelamento do cinto do passageiro, em complementação ao do lado do motorista, já existente. Também foi acrescentado, mas só a partir da versão intermediária LT, o controlador de limite de velocidade, com teclas no volante que permitem ao motorista determinar a velocidade máxima que o carro pode alcançar.

Na mecânica, a única novidade é a versão recalibrada da transmissão automática de seis velocidades, que segundo a GM tem funcionamento mais suave e eficiente, em linha com os recentes lançamentos como os novos Onix e Tracker. Mas o motor continua sendo o antigo e ineficiente 1.8 SPE/4 ECO Flex de até 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque. Ainda não foi desta vez que os novos motores turbo 1.0 e 1.2, produzidos em Joinville desde o ano passado, foram incorporados ao Spin e talvez nunca sejam.

Os preços da linha 2021 do Spin ainda não foram divulgados, mas devem se situar pouco acima da tabela atual, que vai de R$ 75.150 na versão LS com câmbio manual e cinco lugares a chega a R$ 98.290 na opção mais cara, Activ 7, com câmbio automático de 6 marchas e configuração sete lugares. A ideia da GM é seguir oferecendo uma opção racional e mais barata de espaço interno, com até sete assentos e porta-malas que pode chegar a 756 litros com a segunda fileira de bancos toda avançada.

A linha 2021 do Spin chega às concessionárias Chevrolet nas próximas semanas em quatro versões de acabamento: LS, LT, Premier e Activ. A opções topo de gama Activ e Premier vêm equipadas de série com ar-condicionado, direção elétrica, transmissão automática, câmera de ré com linhas guias, sensor de chuva e acendimento automático dos faróis.



Tags: GM, General Motors, Chevrolet, Spin, lançamento, ano modelo 2021, controle de estabilidade ESC, câmbio automático.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência