Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Caminhões somam 8,8 mil unidades em junho, melhor resultado de 2020

Mercado | 02/07/2020 | 17h12

Caminhões somam 8,8 mil unidades em junho, melhor resultado de 2020

Segundo a Fenabrave, número só não foi mais expressivo por falta de veículos na rede

MÁRIO CURCIO, AB



Com a reabertura dos Detrans em diferentes praças do País, os caminhões emplacados em junho somaram 8,8 mil unidades (melhor resultado mensal de 2020), registrando alta de 12,3% sobre o mesmo mês de 2019. Na comparação com maio de 2020 o crescimento foi de 85%. Segundo a Fenabrave, entidade que reúne as associações de concessionários, o resultado mensal só não foi melhor pela falta de alguns modelos em estoque.



- Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



“Faltam caminhões com capacidade de carga acima de 30 toneladas para o agronegócio. Só conseguiremos entregar em outubro os pedidos feitos agora. As fábricas estavam paradas e também faltaram componentes de fornecedores que igualmente haviam parado”, afirma o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.



No acumulado do primeiro semestre foram licenciados 37,6 mil caminhões, resultando em queda de 19,7% ante o mesmo período do ano passado. Com a recuperação dos emplacamentos em junho, a Fenabrave decidiu revisar suas projeções para 2020 e prevê que até o fim do ano sejam licenciados 82,8 mil caminhões, resultando em queda de 18,6%. Antes da crise provocada pelo coronavírus, a projeção era de alta de 24% e 126,1 mil unidades licenciadas.

RECUPERAÇÃO MENOR PARA ÔNIBUS


O total de ônibus emplacados em junho foi de 1,3 mil unidades, anotando alta de 58% sobre maio, mas a comparação com junho de 2019 revela queda expressiva, 34,1%. O setor foi o mais afetado porque todos os segmentos de vendas tiveram retração por causa da Covid-19: turismo, transporte rodoviário e transporte urbano. O acumulado do semestre teve apenas 7,9 mil ônibus licenciados, resultando em queda e 36,5% pela comparação com igual período de 2019.

No início do ano a Fenabrave projetava 31,5 mil ônibus licenciados no País e alta de 16% sobre 2019. A nova previsão é de queda de 39,1%, com apenas 16,5 mil unidades licenciadas em todo o ano de 2020. A entidade revisou todas as projeções para 2020.



Tags: Caminhões, ônibus, Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, emplacamentos, quarentena, Covid-19, coronavírus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência