Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Neo Rodas fecha novos contratos com montadoras
Linha da Neo Rodas em Vinhedo: produção em retomada

Autopeças | 03/07/2020 | 16h00

Neo Rodas fecha novos contratos com montadoras

Todos os empregados da fábrica de rodas de alumínio em Vinhedo voltaram ao trabalho

PEDRO KUTNEY, AB

A inclusão de mais montadoras na carteira e o fechamento de contratos adicionais de fornecimento para os clientes já existentes vão compensar em boa medida a inevitável queda de vendas da Neo Rodas este ano. Após o impacto da pandemia de coronavírus, a fábrica de rodas de alumínio em Vinhedo (SP) vinha operando com jornada reduzida em maio e junho, mas a partir deste mês todos os 350 empregados voltaram a trabalhar em três turnos para atender o retorno da demanda dos clientes.

Em breve a Neo Rodas vai passar a atender novos clientes. No primeiro semestre a empresa fechou contratos de fornecimento com Grupo PSA (Peugeot e Citroën), Renault do Brasil e Caoa Chery – o Grupo Caoa já era cliente no fornecimento de rodas para o Hyundai ix35 montado em Anápolis (GO) e recentemente reconheceu a Neo Rodas como seu melhor fornecedor desta operação em 2019.

“Os produtos desses novos clientes encontram-se em desenvolvimento e farão parte do portfólio de produção da empresa entre o fim do segundo semestre de 2020 e o início de 2021”, informa o diretor de novos negócios Murillo Di Cicco. Ele destaca que, além dos contratos adicionais, a Neo Rodas também recebeu pedidos de aumento de volumes para algumas das montadoras já em carteira e conquistou o fornecimento para novos projetos – entre eles a nova geração da Fiat Strada lançada recentemente . Di Cicco lembra ainda que esse é um segmento bastante dinâmico, pois as renovações estéticas constantes dos veículos a cada ano incluem a adoção de rodas com novos desenhos.

FATORES DE EXPANSÃO



Di Cicco avalia que dois fatores deverão continuar a alimentar o crescimento do mercado de rodas de alumínio no País. O primeiro deles é a tendência do aumento do uso delas: segundo estudos internos da Neo Rodas, antes da pandemia a demanda por carros calçados com “liga leve” estava acima de 55% do total de veículos novos vendidos. Também está no horizonte a potencial aceleração da nacionalização do componente devido à expressiva alta do dólar, o que abre um mercado adicional calculado em 30% das rodas de alumínio instaladas nos veículos leves montados no Brasil, que hoje são importadas.

“Estamos avaliando como ficará o desempenho de 2020, em função de incertezas no mercado e nas montadoras, mas estimamos que o impacto da pandemia no nosso caso será em parte amortecido pelos novos negócios, devemos perder menos do que a média”, estima Murillo Di Cicco.



O diretor reconhece que “a demanda ainda é inferior aos níveis ideais, mas com o viés positivo do retorno à produção com todo o efetivo esperamos retomar a trajetória de crescimento que vinha ocorrendo de forma sustentável desde o início das atividades da Neo Rodas” – a empresa começou a operar em Vinhedo em outubro de 2016, após a compra dos ativos da fábrica da Alujet.

Segundo Di Cicco, os investimentos na unidade foram mantidos e o principal deles está quase concluído: a nova planta de pintura automática, que deveria entrar em operação no primeiro semestre de 2020, mas devido ao impacto da pandemia foi reprogramada para o segundo semestre. A linha recebeu o maior aporte do ciclo aplicado de 2016 a 2020 superior a R$ 60 milhões em modernização e novos equipamentos para a fábrica. Além da automatização da pintura, também foram instaladas células automatizadas no parque de fundição e na usinagem. Atualmente as instalações em Vinhedo somam 31.000 m2 de área total, a capacidade produtiva é de 150 mil rodas/mês em três turnos.

A Neo Rodas destaca ainda que no fim de junho acumulou duas premiações de montadoras. Além do prêmio de fornecimento para o Grupo Caoa, a empresa recebeu o reconhecimento da General Motors Supplier Quality Excellence Award 2019.



Tags: Neo Rodas, rodas, alumínio, liga leve, negócios, contratos, montadoras, fábrica, Vinhedo SP, trabalho.

Comentários

  • MarceloCândido Marçal

    Gosteimuito importante para a empresa e novas oportunidades com objetivos de oferecer crescimento e surgir novas contratações.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência