Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Bosch cria divisão para desenvolver softwares de carros do futuro
Nova divisão terá cerca de 17 mil colaboradores em 20 países

Tecnologia | 21/07/2020 | 14h58

Bosch cria divisão para desenvolver softwares de carros do futuro

Meta é simplificar o desenvolvimento dos sistemas usados nos veículos no futuro; divisão terá 17 mil colaboradores

REDAÇÃO AB

A Bosch anunciou na terça-feira, 21, que vai criar uma divisão voltada especificamente para gerenciar e desenvolver sistemas eletrônicos e softwares mais utilizados nos automóveis. O objetivo é que, a partir do início de 2021, os clientes da empresa possam receber esses componentes de um único fornecedor. A nova divisão vai nascer já com aproximadamente 17 mil colaboradores em mais de 20 países, reunindo partes das atuais equipes de eletrônica automotiva, chassi e powertrain da companhia.

Em comunicado, a Bosch explicou que as mudanças de programas e equipamentos eletrônicos estão avançando em velocidade cada vez maior, e isso resulta em sistemas mais complexos. A nova divisão vai trabalhar na simplificação e no desenvolvimento de novas funções do veículo com maior rapidez e segurança. Os futuros sistemas permitirão concentrar recursos como direção autônoma, assistência ao condutor, painéis digitais e conectividade, reduzindo o número de cabos, sensores e módulos a bordo.

Assim, a Bosch segue a tendência já usada por algumas montadoras de consolidar as diversas funções do automóvel em uma única arquitetura digital. Esse recurso não só diminui a quantidade de peças no carro (e seu peso), como vai permitir a atualização de programas via wireless (sem cabos), como ocorre atualmente com os telefones celulares.



Tags: Bosch, tecnologia, eletrônicos, software.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência