Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Fiat prevê novo crescimento de 22% das vendas em agosto; lança nova promoção
Concessionária Fiat: fluxo menor de clientes, mas maior efetividade para fechar negócios

Mercado | 19/08/2020 | 21h00

Fiat prevê novo crescimento de 22% das vendas em agosto; lança nova promoção

Fabricante projeta tombo menor em 2020, de 25%

PEDRO KUTNEY, AB

Enquanto comemora vendas da nova Strada muito acima das expectativas iniciais a Fiat projeta a continuação da recuperação acelerada do mercado em agosto, quando espera crescimento de 22% sobre julho, e já prevê um tombo muito menor em 2020, em torno de 25%, para perto de 2 milhões de veículos vendidos no ano, resultado que será muito melhor do que o estimado até agora pela associação dos fabricantes, a Anfavea, que prevê queda anual de 40% sobre 2019.

“O mercado está reagindo bem após a grande retração de abril”, afirmou Herlander Zola, diretor da marca Fiat. “Existem dois fatores que estão alimentando as vendas. O primeiro é a demanda reprimida dos meses de quarentena, muita gente deixou para trocar o carro depois e isso está acontecendo agora. O segundo é que existe uma visão mais clara da economia, antes havia muitas dúvidas. Quem ainda pode comprar um veículo começa a aproveitar as oportunidades que estão aparecendo”, explicou.

Zola conta que o fluxo de pessoas nas concessionárias continua bem menor do que era antes da pandemia se instalar no País, em meados de março, porque o comportamento do consumidor mudou e ele segue utilizando os canais digitais de compra que se multiplicaram quando as lojas foram obrigadas a paralisar os atendimentos presenciais. “Hoje o cliente vai menos à concessionária, mas quando vai é para fechar o negócio, portanto o fluxo está menor, mas é mais efetivo”, diz o diretor.

NOVA CAMPANHA FORZA FIAT



Pensando em continuar a estimular o consumidor a voltar a comprar, a Fiat inicia nesta quinta-feira, 20, mais uma campanha especial de vendas com ofertas especiais, denominada Forza Massima Fiat, que se estende até o próximo sábado, 22. É a terceira promoção do gênero que a marca faz nos últimos dois meses. Na primeira, em junho, o Forza Online conseguiu vender 4 mil carros nos três dias da campanha. Na segunda, com o Forza Online 2, foram 5,3 mil. Agora a expectativa é comercializar 6 mil veículos.

A nova campanha vai mobilizar toda a rede de concessionários Fiat no Brasil e os canais digitais da marca, que contam com Market Place (espaço no site da fabricante onde as concessionárias anunciam seu estoque), Fiat Delivery (plataforma para compra e aprovação de financiamento pela internet, e-mail, telefone e WhatsApp direto com vendedores das concessionárias, incluindo agendamento de test-drive na casa do cliente) e o Plantão Fiat, que esclarece dúvidas on-line. As ofertas são para clientes de varejo e também na renovação da frota de empresas. “Vamos buscar microempresários, produtores rurais e oferecer condições especiais nas vendas diretas de comerciais leves”, explica Zola.

A campanha abrange toda a linha Fiat, mas as principais ofertas da nova campanha são para o subcompacto Mobi Like 1.0, que de R$ 43.290 sai por R$ 40.990 (entrada de R$ 24.553 e parcelas de R$ 389 em 60 meses), o sedã Cronos Drive 1.3 manual (de R$ 65.790 por R$ 59.990 com central multimídia) e o hatch Argo Drive 1.0 com redução de até R$ 6 mil com o usado valorizado na troca, além do Argo Trekking 1.3 de R$ 62.790 por R$ 58.990.

O plano de financiamento Forza 2021 oferecido na campanha para toda a linha tem início do pagamento das parcelas em 2021, com pagamento de entrada de 50% e o saldo em 36 ou 48 parceas, 120 dias de carência e uma parcela reduzida paga pela Fiat.



Tags: FCA, Fiat, mercado, vendas, campanha, Forza Fiat.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência