Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Mercedes-Benz vai fornecer 450 caminhões para parceiros da Ambev
Modelos Atego serão usados na entrega de bebidas aos pontos de venda

Negócios | 03/09/2020 | 15h45

Mercedes-Benz vai fornecer 450 caminhões para parceiros da Ambev

Montadora vai renovar as frotas das transportadoras da empresa de bebidas

REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz vai entregar cerca de 450 caminhões para as empresas parceiras que transportam bebidas da Ambev, a maior cervejaria do Brasil. Serão 140 modelos médios Accelo, cerca de 280 semipesados Atego e aproximadamente 30 pesados Axor, sendo que as entregas começaram em agosto, devendo se estender até outubro, quando os novos caminhões deverão chegar a todas as regiões do País.

“Nessa renovação de frota anual dos operadores da Ambev, mais de 70% dos caminhões adquiridos são da nossa marca”, declarou Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing da Mercedes-Benz do Brasil. “Com esse volume, essa é a nossa maior venda do ano para um único cliente”, acrescentou. “Juntando-se aos 500 caminhões da marca vendidos no mesmo período do ano passado, são cerca de mil unidades para operadores da Ambev”, observou o executivo.

Leoncini disse ainda que a negociação incluiu um pacote de serviços com planos de manutenção e sistema de gestão de frota. Além disso, houve a participação do Banco Mercedes-Benz no financiamento da compra por meio de CDC com taxas e carências mais vantajosas. Todos os novos caminhões vão atuar em todo o território nacional, realizando a interligação de fábricas com centros de distribuição, assim como a entrega nos vários pontos de venda.

O plano de manutenção adquirido pelos parceiros da Ambev é o Complete, que cobre manutenções preventivas, reparos do trem de força e corretivos do veículo, além de troca dos itens de desgaste e socorro mecânico. Já o sistema de telemetria Fleetboard fornece diversas informações que permitem otimizar o uso dos caminhões. Para se ter ideia, já foi comprovada a possibilidade de redução de até 18% nos custos operacionais (consumo de combustível e manutenções) com o sistema, além de ele proporcionar maior disponibilidade da frota e, consequentemente, maior produtividade e rentabilidade.



Tags: Mercedes-Benz, Ambev, Accelo, Atego, Axor, Roberto Leoncini.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência