Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Scania lança linha de caminhões eletrificados na Europa
Série P híbrido (à esq.) e Série L elétrico são as novidades da Scania na Europa

Elétricos | 16/09/2020 | 14h05

Scania lança linha de caminhões eletrificados na Europa

Com cabines das séries L e P, a gama possui opções 100% elétricas ou híbridas plug-in focadas no uso urbano

REDAÇÃO AB

A Scania apresentou na terça-feira, 15, sua primeira linha de caminhões eletrificados na Europa. São duas opções de propulsão – totalmente elétrica e híbrida plug-in – disponíveis com cabines das séries L e P, que são focadas em aplicações urbanas, como a distribuição varejista.

Conforme destaca a Scania, a eletrificação das frotas de caminhões é fundamental para atingir as metas do Acordo de Paris, que limita o aquecimento global a menos de 2°C. Além disso, a fabricante sueca trabalha com combustíveis alternativos (como gás natural e biometano) que, segundo ela, são as melhores opções para o mercado brasileiro no momento. Por isso, os modelos elétricos não têm previsão de chegada ao Brasil.

“É com muito orgulho que anunciamos o início do compromisso com a eletrificação”, afirmou Henrik Henriksson, CEO global da Scania. “Nos próximos anos, lançaremos produtos eletrificados anualmente para toda a nossa linha de veículos, e para isso estamos reorganizando nossas unidades fabris; em alguns anos, também teremos caminhões elétricos de longa distância adaptados para carregamento rápido”, acrescentou.

O novo caminhão Scania 100% elétrico possui motor com 230 kW, o que equivale a 310 cavalos, e pode ser equipado com um conjunto de cinco ou nove baterias, de acordo com a opção do cliente, e a autonomia pode alcançar 250 km. Já a recarga deve ser feita com o Sistema de Carregamento Combinado (CCS, sigla em inglês) e demora menos de 55 minutos na opção com cinco baterias e cerca de 100 minutos na de nove baterias. O veículo também conta com sistema de frenagem regenerativa, que envia a energia gerada nas frenagens e nas desacelerações para carregar as baterias.

O caminhão híbrido plug-in possui um motor a combustão de 280 ou 360 cavalos combinado com outro elétrico de 115 kW (cerca de 156 cavalos), alimentado por três baterias. Além de maior autonomia – o veículo consegue rodar até 60 km usando apenas o modo totalmente elétrico – o Scania híbrido plug-in necessita de menos tempo para recarregar as baterias (de zero a 80% são apenas 35 minutos) e ainda dispõe de frenagem regenerativa.

“Estamos convencidos de que os clientes inovadores estarão ansiosos para liderar o caminho da eletrificação, dando os primeiros passos na preparação de suas frotas para o futuro”, declarou Anders Lampinen, diretor de novas tecnologias da Scania. “Em empresas com grandes frotas, a implementação oferece uma oportunidade antecipada de ganhar experiência nesta área; enquanto isso, sabemos que grandes compradores de transporte estão interessados em reduzir a emissão de gases do efeito estufa”, finalizou.



Tags: Elétricos, Scania, caminhão, elétrico, híbrido, plug-in, Europa, Henrik Henriksson, Anders Lampinen.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência