Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
FCA soma 500 mil motores Firefly produzidos em Betim
Motor Firefly 1.0 número 500 mil produzido em Betim: 130 mil foram exportados

Powertrain | 17/09/2020 | 17h15

FCA soma 500 mil motores Firefly produzidos em Betim

Inaugurada em 2016, fábrica já exportou em um ano 130 mil unidades para a Fiat na Europa e vai começar a fazer modelos turbo

REDAÇÃO AB

A unidade de powertrain da FCA (Fiat Chrysler Automóveis) em Betim (MG) comemorou esta semana a marca de 500 mil motores Firefly 1.0 e 1.3 produzidos na fábrica, localizada no Polo Automotivo Fiat. A nova linha foi inaugurada em 2016, ao lado da planta já existente que segue fabricando motores Fire e transmissões manuais.

No ano passado, a linha mineira foi escolhida pelo grupo para ser um polo exportador global dos Firefly; atualmente mais da metade da produção diária de 1,3 mil unidades em três turnos é exportada e desde setembro de 2019 já foram embarcados 130 mil para fábricas da FCA na Itália e Polônia, para equipar os modelos Fiat Panda, Fiat 500 e Lancia Y vendidos na Europa. O volume já representa a maior exportação de motores da história da FCA no Brasil. Nos mercados da América Latina, os propulsores FireFly estão presentes nos Fiat Argo, Cronos, Uno e na nova Fiat Strada.

A família Firefly e suas exportações serão ampliadas em breve. Nos próximos meses começam os testes de produção das versões turbo dos motores, o 1.0 T3 de três cilindros e o 1.3 T4 de quatro, em nova linha que recebeu investimentos de R$ 500 milhões para inicialmente produzir até 100 mil unidades/ano. Os novos motores turbinados vão equipar modelos Fiat e Jeep no Brasil a partir de 2021 e fábricas do grupo na Europa encomendaram 400 mil unidades para serem entregues até 2022.

“Com o início da produção dos turbos, em 2021, seremos o maior hub de powertrain da América Latina. Nenhuma fábrica na região produzirá tantos motores e transmissões como Betim”, destaca Antonio Filosa, CEO da FCA Latam.




Fábrica tem alto grau de automação: 160 robôs atuam na produção dos motores Firefly

Com cerca de 800 funcionários, a FCA Powertrain de Betim conta com elevado grau de automação, com 160 robôs, e sistemas digitalizados da Indústria 4.0. “Os motores FireFly são produzidos no mais avançado processo de manufatura. A eficiência do produto e dos processos nos permitiu ser escolhidos também para atender outros importantes mercados, como o europeu”, explica o diretor de manufatura da FCA para a América Latina, Pierluigi Astorino. “Por termos sido os primeiros a produzir, a planta consolidou-se como uma referência para as demais fábricas da FCA no mundo ao reunir as melhores práticas de manufatura, com destaque para qualidade e segurança dos processos”, completa Astorino.


Linha de produção de motores Firefly da FCA em Betim emprega 800 funcionários



Tags: FCA, Fiat Chrysler, Firefly, motor, powertrain, transmissão, produção, indústria, fábrica, investimento, Betim MG, Polo Automotivo Fiat.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência