Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Salão de Detroit é adiado em mais quatro meses, para outubro de 2021
O espaço do Cobo Hall ocupado pelo último NAIAS realizado no Inverno de Detroit, em 2019: o próximo foi remarcado para setembro/outubro de 2021

Eventos | 22/09/2020 | 13h10

Salão de Detroit é adiado em mais quatro meses, para outubro de 2021

Após o cancelamento do evento em 2020, NAIAS já tinha sido remarcado para junho de 2021

REDAÇÃO AB

Após ter sido cancelado em 2020 pelas restrições impostas com a pandemia de coronavírus, remarcado de junho deste ano para o mesmo mês de 2021, o Salão de Detroit esta semana sofreu um novo adiamento de quase quatro meses. Os organizadores do North American International Auto Show (NAIAS) comunicaram esta semana que o evento foi transferido para o fim de setembro (de 28 a 30 são dias especiais para imprensa, autoridades e concessionários), com exposição aberta ao público de 2 a 9 de outubro do ano que vem.

“Conversamos com vários de nosso parceiros, particularmente com as fabricantes de veículos, e eles concordaram totalmente com a nova mudança de data”, afirmou em comunicado Rod Alberts, diretor executivo do NAIAS. “Setembro é um excelente período do ano para apresentação de novos produtos, e ao mesmo tempo alivia os desafios do agora concorrido calendário de salões na Primavera (do Hemisfério Norte)”, acrescentou.

Os organizadores informaram que reservaram o mesmo período do fim de setembro e começo de outubro para o Salão de Detroit pelos três anos seguintes a 2021. As datas foram escolhidas com o cuidado de não coincidir com o Salão de Munique na Alemanha – o IAA que at´pe o ano passado era realizado em Frankfurt –, marcado para a primeira semana de setembro do ano que vem.

Após 31 edições realizadas no início de janeiro, em 2018 os organizadores decidiram que 2019 seria o último ano do evento sob o congelante Inverno de Michigan; a partir de 2020 o Salão de Detroit seria realizado em junho, no começo do Verão no Hemisfério Norte, evitando assim não só as temperaturas abaixo de zero que impediam eventos correlatos externos ao Cobo Hall (hoje chamado de TCF Center), mas também desviando da concorrência com o CES, feira de tecnologia realizada na mesma época em Las Vegas, que a cada ano atrai mais fabricantes de veículos e seus fornecedores.

Em um momento particularmente difícil para os salões de automóveis em todo o mundo, com muitas montadoras desistindo de participar, o NAIAS tentava ganhar novo fôlego quando também foi afetado pela Covid-19, que cancelou a maior parte dos eventos. Essa tentativa foi postergada para 2021 e agora em mais alguns meses à frente.

“Com as temperaturas agradáveis do Outono e as ativações experimentais posicionadas na cidade (incluindo test drives, assim como ocorreria em junho), os visitantes do Salão de Detroit também poderão apreciar caminhadas enquanto conhecem as novidades da indústria bem na frente de seus olhos”, destacou Doug North, presidente do concelho do NAIAS.



Tags: Salão de Detroit, NAIAS, exposição, evento, adiamento, pandemia, coronavírus, Covid-19.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência