Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Instituto Renault completa 10 anos com ampla carteira de programas sociais
Sala de aula do programa Geração Futuro: qualificação profissional apoiada pelo Instituto Renault no Paraná

Sustentabilidade | 28/09/2020 | 22h00

Instituto Renault completa 10 anos com ampla carteira de programas sociais

Ações do braço socioambiental da montadora já beneficiaram 755 mil pessoas no País

PEDRO KUTNEY, AB

O Instituto Renault, braço de ações de responsabilidade socioambiental da fabricante de veículos no Brasil, completou este mês 10 anos de atuação com uma ampla carteira de programas sociais, que segundo a instituição já beneficiaram 755 mil pessoas no País, em dois eixos principais de atuação: inclusão e mobilidade sustentável. Entre as iniciativas estão projetos educacionais, de geração de renda, estímulo ao empreendedorismo, qualificação profissional de jovens, aceleração de startups ligadas à mobilidade em universidades, promoção da educação para o trânsito e assistência a outras instituições, além de vários outros programas próprios e em parceria com outras empresas e institutos.

“Responsabilidade social é um valor para o Grupo Renault com o qual todas as áreas da empresa estão comprometidas. Mais do que desenvolver, fabricar e comercializar veículos, estamos conscientes do nosso papel na construção de uma sociedade mais humana, mais justa e mais sustentável. Cada vez mais as pessoas se identificam com empresas que buscam esses valores”, afirma Ricardo Gondo, presidente do Instituto Renault e da Renault do Brasil.



Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de comunicação da Renault do Brasil, explica que o principal objetivo é tornar sustentáveis ao longo do tempo as dezenas de iniciativas sociais em curso. Para isso, segundo ele, todos os projetos envolvem parcerias com entes governamentais, outras empresas e as próprias comunidades atendidas pelos programas do braço de ação social da empresa.

“Cada iniciativa que desenvolvemos por meio do Instituto Renault carrega o desejo de transformação. Ficamos muito felizes em completar 10 anos de atuação. Esse marco só nos motiva ainda mais para continuar transformando a vida de milhares de pessoas”, afirma Caique Ferreira.



Atualmente o Instituto Renault administra quatro grandes programas, três deles ligados ao seu eixo de inclusão social/educacional, que envolvem projetos de apoio a entidades da Borda do Campo, bairro vizinho à fábrica no Paraná, realização de cursos de capacitação profissional com o Geração Futuro e o Renault Experience, que acelera startups universitárias em todo o País. No eixo da mobilidade sustentável, o instituto promove o programa “O Trânsito e Eu”, que realiza aulas de educação no trânsito para crianças.

INCLUSÃO AO LADO DE CASA



No eixo de inclusão social, hoje o principal campo de atuação do Instituto Renault fica bem ao lado de sua sede em São José dos Pinhais (PR), no bairro da Borda do Campo, que acolheu a fábrica da Renault há mais de 20 anos e onde seu instituto começou a implementar suas primeiras iniciativas, em um vasto campo de trabalho. De acordo com dados do Mapa Social da Borda do Campo, relatório desenvolvido em parceria com a PUC-PR, trata-se do bairro mais populoso do município, com 18 mil moradores, e também extremamente pobre, com 74 % da população vivendo abaixo da linha da pobreza, com renda mensal de menos de R$ 89 por pessoa em cada família.

Ao todo, o Instituto Renault desenvolve seis projetos sociais no bairro em conjunto com instituições municipais e organizações sociais: os CMEI Árvore dos Sapatos e Borda Viva, que funcionam como creches e centro de educação infantil com gestão realizada pelo município, atendendo por dia 210 crianças de até 6 anos; o Lar Mãe Maria, que hoje acolhe 55 crianças e adolescentes que em função de maus tratos foram retirados de suas famílias; Geração Futuro, programa educacional de capacitação profissional para jovens da região; Amarb (Associação dos Moradores do Bairro Borda do Campo) com ações de filantropia, como doação de cestas básicas; e a Associação Borda Viva, um dos primeiros e maiores programas Instituto com a comunidade da Borda do Campo.

Segundo a Renault, cerca de 90 mil pessoas já foram impactadas pelas ações da Associação Borda Viva com a parceria do Instituto. A entidade atua desde 2002 no desenvolvimento social, segurança alimentar de crianças e no empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e geração de renda. Ao todo, 37,2 mil refeições são servidas por ano para meninos e meninas cadastradas em idade escolar e que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Desde 2005 o Instituto Renault mantém parceria com a Associação Borda Viva, apoiando programas de geração de renda em três frentes. Dois deles são extensões do programa de segurança alimentar da entidade: na cozinha comercial da instituição, são preparados coffee breaks para eventos de empresas e organizações, e também é mantido no local um restaurante com preços acessíveis, com toda a renda revertida às mulheres da comunidade que cozinham no espaço.


Casa de Costura da Associação Borda Viva: produtos exportados para a França

A terceira frente dos programas da Associação Borda Viva é a Casa da Costura, lançada em 2010, que forma costureiras. Muitos dos produtos confeccionados ali, como bolsas, utilizam aparas e sobras de materiais de fornecedores da Renault, como cintos de segurança e tecidos automotivos. Este ano, as peças também passaram a ser comercializadas pelo site da Boutique Renault, nas concessionárias da marca no Brasil e em três cidades na França, onde também são expostos na loja da Renault na famosa avenida Champs-Élysées, em Paris.

GERAÇÃO FUTURO ENSINA JOVENS A TRABALHAR



Ainda na Borda do Campo, o Instituto Renault promoveu em 2019 a primeira edição do programa Geração Futuro, um curso gratuito de formação para capacitar para o mercado de trabalho jovens estudantes de 15 a 24 anos, todos comunidade da Borda do Campo, que estejam cursando ou que tenham concluído o Ensino Médio. As aulas são direcionadas à formação profissional e incluem conceitos administrativos, aulas práticas de informática, regras de negócio, comportamento e cidadania, além de comunicação e cálculo matemático.

No total, 120 jovens serão qualificados em um ano e meio, divididos em turmas de 40 alunos por semestre. Os integrantes da primeira turma concluíram o curso no ano passado e 18 deles já foram contratados e estão trabalhando, na Renault e em outras empresas da região. O projeto conta com a parceira da Prefeitura de São José dos Pinhais, que cedeu duas salas do CRAS (Centro de Referência e Assistência Social do bairro Borda do Campo); da Unilehu (Universidade Livre para a Eficiência Humana), como executora do programa e doadora de parte do mobiliário; da Totvs, que por meio do Instituto IOS é detentora da metodologia aplicada às aulas; e da Totvs/Bematech que cedeu 14 computadores.


Primeira turma do Geração Futuro: capacitação para o mercado de trabalho

RENAULT EXPERIENCE ACELERA STARTUPS



Com o objetivo de aproveitar as boas ideias que nascem entre jovens universitários e estimular o empreendedorismo e a inovação, em 2008 foi lançado o programa Renault Experience (RX) – antes mesmo da criação do Instituto – com a ideia de levar a Renault para dentro das universidades. Desde então, o programa passou por duas reformulações. A primeira delas ocorreu em 2012, quando o RX adotou o formato de resolução de problemas e passou a levar desafios para os estudantes nas áreas de engenharia, comunicação e design. A segunda foi em 2016, com a adoção do modelo de aceleração de startups, atualmente dividido em três categorias: Soluções de Mobilidade, Negócios Sociais e Desafio Twizy (nome do pequeno veículo elétrico da Renault).

Desde o início do modelo de startups já participaram do desafio mais de 42 mil estudantes, representando cerca de 500 universidades de 25 estados brasileiros. São selecionadas três propostas por ano, que são acolhidas e aceleradas pela Renault, que fornece suporte e mentoria de profissionais para montagem do negócio.


Renault Experience: projetos das universidades para o mercado

SEGURANÇA NO TRÂNSITO PARA A MOBILIDADE SUSTENTÁVEL



No seu eixo de atuação no campo da mobilidade sustentável, o principal projeto desenvolvido pelo Instituto Renault é “O Trânsito e Eu”, focado na educação para a segurança no trânsito de crianças, com o objetivo de contribuir para melhorar a realidade do trânsito no Brasil.

O programa está presente de forma permanente em oito municípios: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo. Também são desenvolvidas ações itinerantes em parques, shoppings e eventos.

Cerca de 200 mil crianças de 4 mil escolas no Brasil já foram alcançadas pela iniciativa e mais de 5 mil professores passaram pela formação.


O Trânsito e Eu: aulas de segurança no trânsito para 200 mil crianças

Além dos projetos principais, o Instituto Renault também apoia diversas outras iniciativas como AACD, Casa do Zezinho, Unilehu e ADFP, com doação de recursos e veículos.

O Instituto Renault desenvolveu diversas iniciativas para reduzir os impactos negativos da Covid-19 na sociedade, com a criação da campanha #MobilizaRenault, que reuniu inciativas dos empregados da Renault. Eles arrecadaram e doaram voluntariamente mais de 40 toneladas de alimentos, distribuídos entre instituições de Curitiba (PR) e região metropolitana. A fábrica também realizou a manutenção de respiradores destinados aos hospitais do Paraná e produziu protetores faciais utilizando impressoras 3D. As costureiras da Associação Borda Viva confeccionaram 200 mil máscaras que foram doadas a funcionários e suas famílias.



Tags: Instituto Renault, responsabilidade social, programas, socioambiental, Associação Borda Viva, O Trânsito e Eu, Geração Futuro, Renault Experience.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência