Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen revela mais sobre o SUV Taos
Faróis com tecnologia Matrix (que dispensam as luzes de neblina) devem ser opcionais no futuro VW Taos

Lançamentos | 29/09/2020 | 15h23

Volkswagen revela mais sobre o SUV Taos

Apresentação será em outubro, mas vendas só começam em 2021; SUV terá diversos itens avançados de segurança

WILSON TOUME, PARA AB

A Volkswagen revelou na terça-feira, 29, mais informações sobre o seu próximo SUV, o Taos, que vai ocupar a faixa de mercado entre o T-Cross e o Tiguan Allspace. Como já se sabe, o futuro modelo deverá ter como missão concorrer diretamente com o Jeep Compass e, para isso, a montadora não está poupando esforços e investiu US$ 650 milhões na modernização de sua fábrica de Pacheco, na Argentina, para produzir o utilitário (que usa a plataforma modular MQB como base). A planta será a responsável por abastecer todos os mercados da região SAM (América do Sul, Central e Caribe, como define a VW).

As primeiras imagens camufladas do futuro modelo permitem antever que o Taos terá o estilo de um SUV convencional e que deverá privilegiar o espaço interno. Visto de lado, a traseira, a partir da coluna central, lembra muito a do Tiguan Allspace. Faróis e lanternas totalmente de LED (veja mais adiante) deverão ser uma das grandes atrações do modelo.


Lanternas de LED devem ser itens de série no VW Taos

“As projeções de crescimento do segmento SUV nos fazem acreditar que tomamos a decisão certa ao focar nossa ofensiva nos SUVs; a chegada do Taos é motivo de grande orgulho e fruto de uma sólida e consolidada história na região”, afirmou Thomas Owsianski, presidente da Volkswagen Argentina.

Já Pablo Di Si, presidente da Volkswagen América Latina, lembrou que o segmento de SUVs é o que mais cresce na América do Sul, representando quase 30% em alguns mercados. “Por meio da nossa ‘ofensiva SUV’ (estratégia iniciada em 2017), pretendemos expandir nossa oferta em um segmento em que a VW não competia e até hoje tivemos sucesso com o Tiguan Allspace, depois com o T-Cross e recentemente com o Nivus; o Taos chegará para completar a gama de ofertas no segmento superior dos SUVs”, afirmou. A meta é fazer com que a marca possua 35% do mercado até o fim do próximo ano (hoje a participação é de 30%).


Plataforma modular MQB vai permitir ao SUV ter bom espaço interno

Para conquistar os clientes, a montadora aposta na tecnologia e durante a apresentação virtual os executivos revelaram alguns dos itens que o Taos vai oferecer, provavelmente como opcionais: sistema de iluminação IQ.Light (com tecnologia Matrix, que usa diversos pontos de LED para formar o facho de luz), controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC), alerta de frenagem de emergência, frenagem autônoma de emergência e alerta de tráfego cruzado traseiro, entre outros. A central multimídia VW Play, com tela de dez polegadas, também estará presente.

Os executivos não entraram em detalhes sobre a parte mecânica, mas confirmaram que um dos motores disponíveis será o 1.4 TSI, com 150 cavalos e 25,5 kgfm de torque. Provavelmente, deverá haver uma opção mais potente e com tração integral. O câmbio, ao que tudo indica, será sempre automático (ou automatizado). A apresentação mundial do VW Taos está marcada para o dia 13 de outubro, mas as vendas só começam no segundo trimestre de 2021.



Tags: Lançamentos, Volkswagen, Taos, Argentina, SUV, Pacheco, Thomas Owsianski, Pablo Di Si.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência