Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Ford conclui venda da fábrica de SBC para construtora São José
Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo: venda após um ano do fechamento

Negócios | 31/10/2020 | 13h20

Ford conclui venda da fábrica de SBC para construtora São José

Transação ocorre um ano após o encerramento das atividades industriais da montadora na planta do Taboão

REDAÇÃO AB

Um ano após encerrar as atividades da fábrica de São Bernardo do Campo (SP), a Ford informou em comunicado no sábado, 31, que concluiu a venda da unidade para a Construtora São José, em negócio que havia sido anunciado em junho passado (leia aqui). Para viabilizar a compra, a empresa especializada em empreendimentos logísticos dividiu o investimento com a gestora de recursos FRAM Capital.


O valor do negócio não foi informado, mas em junho a Prefeitura de São Bernardo divulgou que a planta do bairro do Taboão seria adquirida pela construtora por R$ 550 milhões. A fábrica foi vendida após um ano de muitas especulações e negociações. O Grupo Caoa chegou a anunciar sem setembro de 2019 que compraria a unidade para montar caminhões e automóveis de uma marca chinesa. O governador de São Paulo, João Doria, tentou intermediar o negócio e disse que montadoras chinesas estavam interessadas. Nada disso, no entanto, se confirmou. No comunicado, a Ford afirma que a conclusão do negócio este mês “é resultado de um processo de seleção que envolveu uma série de potenciais compradores, no qual as duas empresas apresentaram a melhor alternativa para a planta e para a região”.

“Desde o início deste processo, demos prioridade para projetos que melhor atendessem as necessidades da região. Estamos muito felizes em concluir essa transação com a Construtora São José e com a FRAM Capital, empresas conceituadas e com ampla experiência em seus segmentos de atuação, que contribuirão com a geração de empregos e o desenvolvimento de São Bernardo do Campo”, declarou em nota Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais.

“Gostaria de agradecer a todos os envolvidos neste negócio, tanto as equipes da Ford quanto São José, FRAM e demais colaboradores”, disse Mauro Silvestri, sócio-fundador da construtora. A empresa ainda não confirmou o que pretende fazer com a propriedade adquirida, mas ainda segundo informações da prefeitura de São Bernardo em junho, a intenção era alugar o local para outra montadora ou operadora logística.

Em fevereiro de 2019 a Ford anunciou que iria encerrar suas atividades industriais no Taboão, quando informou que fecharia a unidade com custos associados de US$ 460 milhões em indenizações a empregados e fornecedores.

A Ford sediou em São Bernardo sua operação no País por 52 anos, desde 1967, quando comprou a fábrica da Willys Overland – que por sua vez iniciou ali, em 1952, a produção de veículos no Brasil. Foram fabricados no ABC paulista modelos como Corcel, Maverick, Escort, Del Rey, Pampa, Ka e Fiesta – este o último automóvel a ser produzido na unidade, em 2019. Desde o fim dos anos 1990 a Ford também fabricava na planta sua linha de caminhões Cargo e Série F, uma operação que foi encerrada junto com o fechamento da planta.

Hoje a Ford concentra toda sua produção de veículos no Brasil em Camaçari (BA), em fábrica que inaugurou em 2001 e hoje produz a linha Ka (hatch e sedã) e o SUV compacto EcoSport, além de motores. As áreas administrativas da empresa foram realocadas de São Bernardo para um escritório comercial na cidade de São Paulo.



Tags: Ford Taboão, São Bernardo do Campo, venda, negócio, Construtora São José, FRAM Capital, terreno, montadora, logística, acordo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência