Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
FPT comemora 20 anos da fábrica de Sete Lagoas (MG)

Indústria | 16/12/2020 | 18h00

FPT comemora 20 anos da fábrica de Sete Lagoas (MG)

Unidade, que produz um motor a cada três minutos, abastece as empresas do Grupo CNH Industrial

REDAÇÃO AB

A fábrica da FPT localizada no complexo industrial de Sete Lagoas (MG) está completando 20 anos de operação. A unidade é responsável pela produção de motores que são fornecidos às empresas que compõem o Grupo CNH Industrial, como Iveco, Case e New Holland.

Atualmente, a planta fabrica as famílias de motores FPT F1A, F1C, NEF e S8000 e é capaz de montar um motor a cada três minutos. Os propulsores equipam diversos segmentos de veículos, desde caminhões e ônibus, até máquinas agrícolas e de construção, além de serem utilizados nos setores marítimo e de geração de energia. A empresa estima que mais de 615 mil motores FPT estão em circulação na América do Sul.

Certificada com o nível prata do World Class Manufacturing (WCM), padrão industrial de manufatura criado e utilizado pelos grupos FCA e CNH Industrial, o processo de montagem da FPT em Sete Lagoas é monitorado por sistemas de controle automatizados de última geração. Além disso, todos os motores são submetidos a testes de dinamômetro, para atestar parâmetros de qualidade e potência, enquanto as salas do banco de provas são realizadas avaliações que monitoram em tempo real os aspectos de vibrações e temperatura.

“Determinamos que o propósito da fábrica seja propiciar a melhor experiência de manufatura para os nossos clientes, visitantes e funcionários. Aplicamos as melhores práticas, criamos ambientes de trabalho cada vez mais produtivos, seguros e intuitivos que garantem a qualidade dos nossos produtos. Temos fluxos logísticos flexíveis para atender com rapidez e assertividade as demandas do mercado”, comenta o gerente de operações da fábrica, Mario Coriale.

A fábrica da FPT no Brasil também alcançou a meta de aterro zero, significando que a unidade recicla 100% dos resíduos com base na metodologia da Pirâmide de 5R – recusa do resíduo (logística reversa), redução, reaproveitamento, reciclagem e recuperação.

“Quanto mais melhoramos a produtividade e a qualidade, eliminando desperdícios, menor será o custo de manufatura. A matriz das melhorias é o WCM, modelo que já está no DNA dos nossos colaboradores. Em cada estação de trabalho há soluções desenvolvidas pelo nosso time”, afirma o diretor Industrial da CNH Industrial, Izidro Penatti.



Tags: FPT, fábrica, motores, 20 anos, Sete Lagoas, CNH Industrial, Iveco, Case, New Holland.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência